Sexta Alfredo e Pauderney com Amazonino e sábado com Omar. O que houve? E mais o panavueiro das pesquisas e alianças

Sexta Alfredo e Pauderney com Amazonino e sábado com Omar

Sexta Alfredo e Pauderney com Amazonino e sábado com Omar. O que houve? Pauderney (esquerda) e Alfredo (direita) são pré-candidatos a senador e correm atrás de apoios, como o de Silas Câmara (centro) que se definiu por Omar Aziz. Entenda o panavueiro

Os deputados federais Pauderney Avelino (DEM) e Alfredo Nascimento (PR) protagonizaram uma incógnita, no fim de semana. Sexta-feira, os dois foram, à noite, à festa dos 40 anos do prefeito Arthur Virgílio. O evento marcou a presença do governador Amazonino Mendes, num clima de noivado consumado. Sábado, porém, Pauderney e Alfredo também foram ao lançamento das candidaturas do PRB, de Silas Câmara. Omar Aziz estava lá. O que houve? Afinal, Amazonino e Omar concorrem pelo apoio de Arthur e os dois deputados federais terão que escolher um lado. Veja, a seguir, as explicações para esses e outros panavueiros da política amazonense.

 

Arthur e Silas

Pauderney e Alfredo explicam com simplicidade os fatos, a aparente contradição de sexta e sábado. Sexta, os dois teriam ido ao evento do prefeito Arthur Virgílio. E Amazonino estava lá. Sábado, ambos foram prestigiar Silas Câmara. E Omar estava lá.

 

Arthur e Silas (2)

Pauderney e Alfredo buscam apoio para as candidaturas deles ao Senado. Praticam o que os marqueteiros chamam de “ciscar para dentro”. Os dois querem o apoio do prefeito Arthur e também das igrejas Assembleia de Deus e Universal, ligadas a Silas. Depois, com as coisas assentadas, farão a escolha do candidato ao Governo do Estado.

 

Silas com Omar

Silas Câmara, que chegou a dizer que não tinha candidato ao Governo do Estado, anunciou que marchará com Omar Aziz. No evento de sábado, as coisas pareciam bem definidas entre os dois.

 

Omar e o 2º turno

Omar Aziz, que sexta participou dos funerais da mãe, Delphina Aziz, deu uma crescida nas pesquisas eleitorais. Entrou no game, como se diz. Ele é considerado o fiel da balança para a realização do 2º Turno. Sem ele, a possibilidade de Amazonino ganhar no 1º Turno passa a existir.

 

Omar e Amazonino radicais?

Omar tem dito que é candidato de qualquer maneira. Quer derrotar Amazonino, mesmo perdendo a eleição. O governador, por seu turno, teria deixado escapar que quer “colocar Omar em seu lugar”. Todos sabem que os dois são de negociar. Aguarda-se os próximos capítulos para saber se, realmente, desta vez agirão com os fígados.

 

Pesquisas consolidam David

As pesquisas eleitorais mostram que o presidente da Assembleia, David Almeida, vai se consolidando como principal adversário de Amazonino. Saíram três pesquisas. Duas registradas na Justiça Eleitoral e uma não registrada. As três seguem a mesma tendência: o governador Amazonino Mendes lidera as intenções de votos e David Almeida é o mais próximo dele.

 

Xeque-mate

Costuram-se, nos bastidores, alianças que buscam o xeque-mate governamental. A principal e mais visível de todas é a de Amazonino com Arthur. O governador tenta anular a máquina da Prefeitura e tirar dos calcanhares o principal adversário histórico. Evita o fortalecimento dos concorrentes e avalia que, com Arthur apoiando, pode até voltar ao dominó de todos os dias.

 

Pesquisas

As pesquisas registradas são da Action (TRE-AM 08474/2018, 09/07/2018) e da 365 (TSE AM-01356/2018, 09 a 14/07/2018).

 

Interior

Uma olhada atenta nos números mostra cenários interessantes. David Almeida, por exemplo, é mais forte no interior que na capital. Reflexo do repasse do Fundeb aos professores? O radialista Wilson Lima, midiático, fruto do bate-estaca da Rede Calderaro na Prefeitura, é brutalmente reduzido no cenário interiorano. Amazonino ainda não colheu os votos do asfalto, que começa a enegrecer as ruas das sedes municipais.

 

Braga reaparece

Eduardo Braga lidera com folga a disputa para o Senado Federal. E começa a ter o nome citado na disputa do Governo do Estado, embora tenha anunciado que concorre à reeleição. Resta saber se esse renascimento, expontâneo, será estimulado pelo senador.

 

Lula, Vanessa e Alfredo

O ex-presidente e presidiário Lula aparece na liderança das pesquisas para presidente no Amazonas. Seguido por Jair Bolsonaro. Daí se explica a posição da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB). Rejeitada como aliada de David Almeida, após publicação de foto dos dois, ela briga pelo segundo lugar. Está ombro a ombro com Alfredo Nascimento.

 

Rebecca Garcia

Rebecca tem o nome retirado, nas pesquisas estimuladas, que são as que valem, para governador e senador. Mas, apesar disso, continua aparecendo bem na disputa do Senado. Ela acha que, a partir do momento que definir o que vai disputar, os eleitores estarão mais à vontade para acompanhá-la.

 

Arthur e Amazonino

O noivado está consumado. O casamento será celebrado nas convenções ou assim que for definido o nome do candidato a vice. Casamento político, como todos sabem, dura até que o resultado da eleição os separe.

Veja também
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *