Caprichoso e Garantido trocam farpas na escolha dos jurados do 53º Festival de Parintins. Veja acusações dos presidentes

Caprichoso e Garantido trocam farpas na escolha dos jurados

Caprichoso e Garantido trocam farpas na escolha dos jurados para o Festival Folclórico de Parintins 2018. Volta do Comando Delta é repudiado pelos dois presidentes e ambos se acusam de conluio com acusado de manipular resultados

Uma sombra ronda o 53º Festival de Parintins. O “Comando Delta”, grupo que durante anos “preparou” o Garantido para vencer festivais, parece estar de volta. Em 2015, o mesmo esquema teria sido usado pelo Caprichoso. Essa suspeita provocou a troca de farpas entre os presidentes do Caprichoso, Babá Tupinambá, e do Garantido, Fábio Cardoso.

Diversos movimentos indicam a possibilidade do retorno dos Deltas. Telo Pinto voltou a ser o coordenador de arena do Garantido. Chico Cardoso deixou, abruptamente, o Conselho de Artes do Caprichoso. Walfran Silva Miranda Braga foi indicado pelo Garantido representante na Comissão Organizadora do Festival.

Telo, Chico e Walfran são estreitamente ligados ao chefe do Comando Delta, Armando do Vale. Armando e Chico foram flagrados em escuta telefônica, em 2015, preparando o que seria uma armação pela vitória do Caprichoso. O bumbá, efetivamente, se tornou campeão naquele ano.

 

Treta Caprichoso-Garantido

Armando, acusado de ter se tornado especialista em manipular resultados do Festival de Parintins, só tem unanimidade negativa.

Com a indicação de Walfran, o presidente do Caprichoso, Babá Tupinambá, botou a boca no trombone. “Todos sabem do histórico de resultados duvidosos do boi contrário, do trabalho… feito pelos Deltas, de Armando do Vale”, escreveu.

“O Garantido vem a público desqualificar o discurso mentiroso… tentando ligar o Garantido à figura de Armando do Vale. O dirigente do boi contrário tenta enganar a opinião pública e a Comissão de Jurados… é justamente ele quem está atuando em conjunto com Armando do Vale”, rebateu o Garantido.

 

Tudo muito bem até agora

O 53º Festival Folclórico de Parintins vinha muito bem, até os dirigentes partirem para a briga extra arena. Os ingressos estão esgotados sem que, pela primeira vez, tenham sido comprados por governo. O tempo de venda foi recorde.

As notícias de Parintins são também de que a hospedagem está praticamente preenchida na ilha. Passagens aéreas e fluviais também estão no fim.

O Governo do Estado, com forte atuação da Empresa Amazonense de Turismo (Amazonastur), voltou a ajudar a festa. Em anos anteriores atrapalhou mais que ajudou.

O bate-boca e a troca de acusações das diretorias dos bumbás pode derrubar esse alto astral e afastar outra vez os torcedores. A manipulação de resultados do confronto Caprichoso-Garantido provoca uma das mais fortes rejeições entre as duas torcidas.

 

Veja a publicação de Babá Tupinambá acusando o Garantido:

Caprichoso e Garantido trocam farpas na escolha dos jurados

 

O Garantido emitiu a seguinte Nota de Repúdio:

Caprichoso e Garantido trocam farpas na escolha dos jurados

Comentários
Veja também
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *