Em Borba, homem é preso por manter mulher e bebê de 3 meses em cárcere privado

Indivíduo mantinha ex-companheira e filha trancadas em casa.

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da 74ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Borba (a 151 quilômetros de Manaus), prendeu em flagrante, na segunda-feira (13/06), por volta das 7h, um homem de 26 anos, pelos crimes de lesão corporal, cárcere privado e ameaça no âmbito da Lei Maria da Penha, tendo como vítimas sua ex-companheira, uma jovem de 22 anos, e a sua filha, uma bebê de 3 meses de vida.

A prisão ocorreu na rua Lucila, bairro Nova Esperança, naquele município. De acordo com a investigadora Antonely Magalhães, gestora da unidade policial, as diligências iniciaram após a mãe da jovem comparecer na delegacia, para relatar que sua filha estava trancada em sua residência e sofrendo agressões por parte de seu ex-companheiro.

“Diante desta denúncia, nós nos dirigimos até a casa da vítima e, chegando ao local, constatamos que o imóvel estava trancado por dentro. Ouvimos uma voz feminina gritando por socorro e, neste momento, a porta da moradia foi arrombada pela equipe policial. Nós nos deparamos com a jovem lesionada e sua bebê, que estava com alguns hematomas devido a uma queda provocada pelo infrator”, disse a gestora.

Ainda conforme a autoridade policial, o autor foi encontrado no imóvel, mantendo as vítimas em cárcere privado. Em razão disso, foi dada voz de prisão ao indivíduo.

Procedimentos

O homem responderá por lesão corporal, cárcere privado e ameaça no âmbito da Lei Maria da Penha. Ele ficará custodiado na carceragem da 74ª DIP, à disposição do Poder Judiciário.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.