Comissão do Centro Histórico retoma reuniões presenciais para início de intervenções

Comissão do Centro Histórico retoma reuniões presenciais para início de intervenções

Na próxima quarta-feira, 1º/6, a Prefeitura de Manaus retoma uma segunda fase de reuniões da Comissão Técnica para Implementação e Revitalização do Centro Histórico de Manaus, criada pelo decreto municipal nº 5.034/2021, que atua na definição de pontos de intervenção para o plano “Nosso Centro”, que tem três grandes eixos: “Mais Vida”, “Mais Negócios” e “Mais História”.

A comissão é coordenada pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) – contando com diretores, gestores e técnicos com expertise no tema – além das secretarias municipais de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef); do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi); e da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

Para a reunião do dia 1º, a primeira presencial de 2022 com todos os representantes do conselho, também devem participar membros das secretarias municipais da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc); de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc); do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas); de Segurança Pública de Manaus (Semseg); e Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados (Ageman).

Durante encontro para traçar as estratégias que serão colocadas na pauta a partir de junho, os diretores-presidentes do Implurb e da Manauscult, mais o secretário da Semtepi, estiveram reunidos no Casarão da Inovação Cassina, Centro.

“Vamos dar prosseguimento aos projetos para o Centro, os iniciados no ano passado, os quais muito caminharam. Temos recursos destacados para execução, mudamos algumas estratégias para melhor atender a gestão do prefeito David Almeida. O retorno das reuniões da comissão tem por intenção executar as ações”, comentou o titular da Semtepi, Radyr Júnior.

Segundo ele, no ano passado foram perdidos 4 meses em razão das restrições por conta da crise sanitária de Covid-19. “Neste ano estamos trabalhando com força total para entregar alguns equipamentos ano que vem, direcionados pela comissão”, salientou.

Tratativas

Diretor-presidente do Implurb, o engenheiro Carlos Valente explicou que desde o ano passado as secretarias envolvidas diretamente na comissão atuaram no desenvolvimento interno das tratativas e agora retomam de forma transversal as intervenções propostas para a área central da capital.

“Estamos adicionando mais atores, secretários, que serão importantes na construção da reabilitação do centro histórico, ampliando as ações e articulações para conseguir grandes mudanças para a cidade”, comentou Valente.

Para o diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, a retomada dos trabalhos presenciais vai alinhar e integrar os agentes públicos na busca da construção coletiva para a população. “O objetivo é ter bens públicos de qualidade e movimentados, reabilitados e em uso pelo povo, preservando patrimônio, arquitetura e cultura, estimulando negócios, habitações e o cuidado com as pessoas”, avaliou.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.