Luiz Cláudio Pereira, multicampeão paralímpico, morre aos 60 anos

O ex-atleta acompanhava a seleção brasileira de rugby em cadeira de rodas no Campeonato das Américas, na Colômbia. Foto: Daniel Zappe/MPIX/CPB/Direitos Reservados

Morreu nesta terça-feira (8), em Medelín (Colômbia), o multicampeão pararalímpico Luiz Cláudio Pereira, aos 60 anos. Atual presidente da Associação Brasileira de Rugby em cadeira de rodas, Pereira acompanhava a seleção brasileira no Campeonato das Américas quando faleceu na madrugada de hoje (8), conforme nota de pesar publicada pelo Comitê Paralímpico. A causa da morte não foi publicada.

Quinto maior medalhista paralímpico do país, Luiz Cláudio estava atrás apenas dos nadadores Daniel Dias, Andre Brasil e Clodoaldo Silva, e da velocista Ádria Santos (atletismo). Depois de se aposentar, ele foi vice-presidente do CPB, ao lado de Mizael Conrado, no período de 2009 a 2013.

“Dia muito triste para o esporte brasileiro, um ídolo que se vai, um amigo que perdemos. Sua contribuição para a causa da pessoa com deficiência nunca será esquecida por nós. Muito obrigado por tudo, descanse em paz”, lamentou Mizael Conrado, presidente do CPB.

Acidente

Luiz Cláudio ficou paraplégico aos 16 anos, após um acidente ocorrido durante uma luta de judô. Enquanto atleta, ele subiu ao pódio nove vezes – sendo cinco delas com medalha de ouro – em três edições consecutivas da Paralimpíada: em 1984 (Stoke Mandeville/Inglaterra), em 1988 (Seul/Coreia do Sul) e 1992 (Barcelona/Espanha). Ele competiu nas provas de arremesso de peso, lançamento de dardo e de disco, além de pentatlo.

Agência Brasil

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.