Quinta-feira, 19 de julho de 2018

Serafim alerta para liminar do STF que impede ganho de arrecadação de ISS e prejudica municípios do AM

O deputado Serafim Corrêa (PSB) fez um alerta para a necessidade da reforma tributária brasileira e do cumprimento da lei complementar de nº 157/2016 — que muda a tributação do ISS (Imposto sobre Serviços) em várias operações como cartões de crédito e débito dos municípios da sede do prestador do serviço para os do local da operação —  e que está suspensa por uma liminar do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

O parlamentar explicou o tema durante palestra realizada na manhã desta segunda-feira, 16, na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM). Para Serafim, o que impede a reforma é a guerra fiscal de ISS entre os beneficiados e os 5.565 municípios brasileiros.Sem a lei, o tributo era repassado apenas às cidades de Osasco e Barueri, em São Paulo, onde estão localizadas as empresas de cartões.

Segundo a lei complementar nº 157/2016, o ISS deveria ficar com o município onde ocorre a operação e os municípios teriam até 1° de janeiro de 2018 para se ajustarem, mas, após a medida tomada pela Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5.835, que suspende a ação, nada foi mudado.

“A briga pelo ISS é antiga no Brasil. E, no Amazonas, não é diferente. Municípios espertos como Osasco e Barueri, em São Paulo, reduziram as suas alíquotas para 0,01% e com isso atraíram a sede de cartões de crédito, de empresas de serviço de streaming como a Netflix e de alugueis de carros para essas duas cidades. Por exemplo: todos os cartões de crédito pagos no Amazonas, hoje não repassam o ISS para os nossos municípios, mas para Osasco e Barueri, que drena toda a receita dessa competência. Com a Lei Federal  nº 157/2016, isso mudaria e a distribuição do ISS em compras com cartões de crédito e débito iria direto para a cidade onde a transação foi feita”, explicou Serafim.

A lei também proíbe a cobrança de alíquota inferior a 2%, exceto para a construção civil e o transporte público coletivo, o que deixa os prefeitos beneficiados sujeitos à improbidade administrativa. “Essa lei vem e põe um ponto final nisso. Essas mudanças, que passaram por um grande acordo nacional entre os prefeitos, passaram pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, sancionadas pelo presidente da República, foram barradas por uma medida liminar de um ministro do Supremo devido ao pedido de duas instituições financeiras. Então, será que o ministro é maior que a federação brasileira e o conjunto de 5. 565 municípios, Congresso Nacional e da própria presidência da República?”, questionou o líder o parlamentar.

Estiveram presentes na reunião  o diretor do Centro de Cooperação Técnica do Interior (CCOTI) que organizou o evento, o advogado tributário Franco Júnior, além de representantes do interior.

O que é IVA?

A reforma tributária brasileira também tem como proposta  unificar PIS (Programa de Integração Social, Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social), IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), ISS (Imposto Sobre Serviços) e até o ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) em um único: o IVA (Imposto Agregado  Sobre Valor Adicionado).

Veja também

Saiu edital da UFAM com mais de 40 vagas para níveis médio e superior Foto: Arquivo Atenção concurseiros do amazonenses! Foi publicado o edital do concurso da Universidade Federal do Amazonas (Concurso UFAM 2018) nesta quinta-feira (19).  O certame visa o provimento de 42 vagas, 17  para nível médio e 25 para nível superior nos cargos de  ...
Forte odor e couro cabeludo indicam que corpo de turista esteja preso em fenda de caverna no AM Foto: Divulgação CBMAM Após onze dias de buscas, nesta quinta-feira (19), o Corpo de Bombeiros informou que possivelmente a equipe de mergulho tenha encontrado o local onde está preso o corpo da carioca Michelle Moreno, de  22 ano. Ela caiu de uma altura aproximadamente ...
Inpa abre inscrição de processo seletivo de sete cursos de mestrado com 104 vagas disponíveis Foto: Arquivo A Pós-Graduação do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC) abre inscrição para a seleção de sete cursos de Mestrado. Ao todo estão disponíveis 104 vagas. Os interessados devem ser acessar os editais para saber os detalhes dos certames. O ingr...
Em patrulhamento de rotina Rocam apreende armas, granadas e cinco pessoas Foto: Divulgação Durante patrulhamento de rotina, policias militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam), prenderam cinco homens, armas de fogo e granadas. As prisões aconteceram na zona norte, sul, e leste de Manaus. Durante as prisões houve perseguição e troc...
Prefeito de Coari vai reduzir gastos com aniversário da cidade Foto: Divulgação O prefeito de Coari, Adail José Figueiredo Pinheiro, decidiu na manhã de hoje (19/07), após reunião realizada no Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), reduzir em 30% o valor das atrações programadas para o aniversário de 86 anos da cidade — prevista par...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook