Segunda-feira, 18 de junho de 2018

Programa Diário da Manhã


Ouvir a Rádio Diário Ao Vivo

Casal acusado de latrocínio de taxista estrangulado é preso. Polícia procura “Chucky”

Alexandre e Meirivane foram presos acusados do latrocínio do taxista Márcio Luiz. Derfd chegou aos suspeitos 15 dias após investigações. Fotos: Divulgação

O casal Alexandre Florêncio da Silva, 24, e Meirivane Martins de Oliveira, 22, foi detido em cumprimento a mandado de prisão preventiva por acusação de latrocínio.

Eles estão envolvidos no roubo seguido de morte do taxista Márcio Luiz Macedo da Silva, 46. O corpo da vítima foi encontrado no dia 28 de fevereiro deste ano, no KM 35 da rodovia estadual AM-010.

Bom Jesus

O delegado Adriano Felix, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), contou que o casal foi interceptado pelas equipes da especializada na madrugada desta terça-feira (13), por volta das 3h, na comunidade Bom Jesus, no KM 32 da rodovia estadual AM-254, no município de Autazes (distante 113 quilômetros de Manaus).

A polícia chegou aos envolvidos após 15 dias de investigações, iniciadas no dia 26 de fevereiro deste ano, quando a vítima desapareceu.

Fuga e tiro

Durante as diligências, os policiais civis obtiveram informações de que o casal estaria residindo em um imóvel na comunidade Bom Jesus.

Alexandre tentou fugir do local e foi atingido por um tiro na perna esquerda, sendo atendido e liberado. Os mandados de prisão em nome de Alexandre e Meirivane foram expedidos pelo juiz Luis Alberto Nascimento Albuquerque, da 1ª Vara Criminal.

Dinâmica

Segundo Adriano Felix, no dia 26 de fevereiro, Márcio estava no ponto de táxi onde trabalhava, situado na avenida Codajás, bairro Cachoeirinha, zona Sul, quando deixou o local, por volta das 18h30, para efetuar uma corrida.

Os passageiros eram Alexandre, Meirivane e um outro infrator, identificado como Anderson Ferreira de Almeida, 24, o “Chucky”, que está sendo procurado pela polícia.

Carro abandonado

Os três infratores, em posse de uma arma de fogo, anunciaram o roubo durante a corrida. O carro do taxista, modelo Fox, de placas NOO-8531, foi encontrado no dia 3 de março deste ano, abandonado em Autazes.

“Após o crime, Alexandre, com o intuito de camuflar o táxi roubado, mudou as placas e descaracterizou algumas pinturas do veículo. O infrator deixou o carro na garagem do pai de Meirivane e, depois de alguns dias, passou a usar o carro como se fosse dele e acabou abandonando o veículo após colidir em uma cerca, no último dia 3 de março”, disse Felix.

Depoimento

Durante depoimento na especializada, Alexandre e Meirivane confessaram envolvimento no crime. Eles relataram que utilizaram uma corda para estrangular a vítima.

O casal argumentou que, inicialmente, a intenção do trio era subtrair o carro do taxista para cometer outros roubos a veículos em Manaus e, posteriormente, vender os veículos em Autazes.

Os jovens disseram ainda que Anderson e Alexandre tiveram uma discussão sobre matar ou não a vítima, já que Anderson queria apenas roubar o taxista e Alexandre, além de roubar, também decidiu matá-lo.

Passagem pela polícia

Depois do delito, “Chucky” desceu do veículo no bairro Armando Mendes, zona Leste, e o casal seguiu para Autazes.

“Durante a ação criminosa, Alexandre resolveu matar esse taxista, esse pai de família, de forma bárbara. Na ocasião, o trio solicitou a corrida do bairro Cachoeirinha, na zona Sul, até o bairro Mauazinho, na zona Leste. No momento em que chegaram ao local solicitado, os infratores amarraram o taxista e o levaram para o KM 35 e lá tiraram a vida de um pai de família”, declarou Adriano Felix.

Roubo

Após serem conduzidos à delegacia, foi constatado, durante consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), que Alexandre possui passagem pela polícia por roubo majorado.

Alexandre e Meirivane foram indiciados por latrocínio. Ao término dos procedimentos cabíveis na delegacia, Alexandre será conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) e a companheira dele será levada ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF).

Procurado

Felix informou que as investigações em torno do caso irão continuar até que Anderson Ferreira de Almeida, 24, o “Chucky”, seja localizado e preso. Quem puder ajudar com informações sobre o paradeiro de “Chucky”, entrar em contato com a equipe da Derfd pelo número do disque-denúncia da especializada: (92) 99962-2187.

Veja também

Familiares e amigos se despedem de motorista morto em assalto. Ele foi enterrado no Tarumã Familiares e parentes se despediram do motorista durante enterro hoje. Foto: Divulgação Familiares, parente e amigos do motorista Francisco Araújo da Silva, 51, morto durante um assalto ao ônibus que dirigia, na noite de quinta-feira (14), se despediram dele neste sába...
Funcionário chegou para trabalhar e matou casal na chácara. Ele mandou celulares e dinheiro para mul... Preso em flagrante, Mateus Muniz matou casal para roubar. Ele enviou dinheiro e celulares para família em Coari. Fotos: Erlon Rodrigues/ PC-AM Preso em flagrante acusado de roubar e matar os donos da chácara e floricultura Progresso, no Parque das Laranjeiras, Mateus Mun...
Funcionário acusado de matar casal dono de floricultura é preso. Ele roubou R$ 700 e três celulares.... Funcionário acusado de matar casal dono de floricultura é preso, em nova surpresa no crime praticado com muita crueldade Mateus Muniz Ferreira, 21, foi preso em flagrante acusado de ser o autor do latrocínio que teve como vítima o casal de empresários Kazuyasu Taka...
Motorista de ônibus morto durante assalto na Max Teixeira será velado em igreja no Bairro da Paz Francisco Araújo foi morto exatamente no seu posto de trabalho, sem defesa, dirigindo o ônibus. Foto: Divulgação O motorista de ônibus Francisco Araújo da Silva, 51, assassinado na noite desta quinta-feira (14), enquanto dirigia o coletivo da linha 450, da Viação São Ped...
Motorista de ônibus é morto dirigindo, sem poder se defender. Suspeito do latrocínio foi baleado Duas pessoas foram baleadas durante assalto a linha 450 hoje. Motorista foi vítima fatal. Foto: Divulgação Após mais um latrocínio na cidade de Manaus, dentro de um ônibus da linha 450, da Viação São Pedro, parte dos coletivos da empresa foram recolhidos em razão do homi...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook