Quinta-feira, 21 de junho de 2018

Mulheres em situação de violência poderão ser atendidas nos PACs Leste e Sumaúma

Mulheres em situação de violência vão contar com mais dois pontos de atendimento para esclarecer dúvidas e requerer encaminhamentos para os serviços disponíveis pelo Governo do Amazonas.
A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), por meio da Secretaria Executiva de Políticas para as Mulheres (SEPM), inaugurou dois postos nos Prontos Atendimentos ao Cidadão (PACs) localizados nos shoppings Cidade Leste (avenida Autaz Mirim, bairro Sao José, zona leste) e Sumaúma Park (avenida Max Teixeira, bairro Cidade Nova, zona norte). Os postos passam a funcionar na terça-feira (07/11), das 8h às 17h.
Assistentes sociais e técnicas vão atender mulheres para tirar dúvidas, obter informações ou mesmo realizar encaminhamentos no que diz respeito à violação dos direitos seja em forma de violência doméstica, física, psicológica ou patrimonial.
“É uma forma de aproximar os serviços da SEPM das mulheres que vivem nas zonas norte e leste. Esses postos vem para somar com uma rede, disponibilizada pelo Governo do Amazonas, completa de assistência à mulher vítima de violência e que, inclusive, se estende aos seus familiares como filhos e o companheiro, mesmo que este tenha sido o causador da violência”, explica o titular da Sejusc, Clizares Santana.
Denúncias – Os locais também vão ser pontos de denúncia, e qualquer pessoa poderá fazer o registro, inclusive, sem precisar se identificar.
“A equipe é preparada para atender aos mais variados tipos de situações que envolvem violação dos direitos da mulher. Inclusive, temos um serviço voltado aos homens que comentem violência mas que querem se recuperar”, informa a secretária executiva de Políticas para as Mulheres, Viviane Fernandes

 

Veja também

Amazonas é o terceiro Estado com maior número de feminicídios No Amazonas, o TJAM terminou 2017 com 522 processos de feminicídio pendentes. O número é 15,5% maior da quantidade de processos de feminicídio pendentes em 2016 (452 processos). Foto: Divulgação Amazonas é o terceiro Estado brasileiro com maior proporção de casos de fe...
Companheiro é preso após bater na mulher. Polícia apreendeu espingarda na casa do casal Espingarda foi encontrada na casa do casal. Mulher fez denúncia e policiais a encontraram muito machucada. Foto: Divulgação Manoel Martins de Alencar, o "Manoel da Nenê", 42, foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e agressão doméstica, nesta quinta-feira...
Com mudança na Lei Maria da Penha, quem descumprir medida protetiva pode ser preso em flagrante Ano passado, 4.122 pedidos de medida protetiva de urgência ingressaram no sistema – uma média de 343,5 casos por mês.Nos três primeiros meses deste ano, o número já chega a 1.840, segundo a juíza Luciana Nasser. Foto: Arquivo TJAM O descumprimento de medidas protetivas d...
Número de medidas protetivas para mulheres este ano é quase o dobro de 2017 Durante o ano passado, foram registradas 4.120 medidas protetivas pelos Juizados “Maria da Penha”. Somente nos dois primeiros meses deste ano, 1.281 pedidos de medida protetiva entraram no Judiciário estadual. Foto: Reprodução A média mensal de pedidos de Medidas Proteti...
Cunhado de professora assassinada é preso em Itacoatiara. Ele morava na mesma casa e a esfaqueou com... Cunhado de professora assassinada é preso em Itacoatiara. Nelsalim Peixoto, 19, disse ao delegado que matou a professora por causa de dinheiro. Foto: Divulgação O cunhado da professora Alessandra Gomes, 38, assassinada com várias facadas na madrugada desta quarta-feira...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook