Segunda-feira, 18 de junho de 2018

COI lança manual de proteção de atletas contra assédio e abusos

Thomas Bach, presidente do COI. Foto: COI

O Comité Olímpico Internacional (COI) criou um manual de proteção para os atletas perante situações de assédio e abuso que porá à disposição das federações internacionais e dos comitês olímpicos nacionais para que desenvolvam políticas contra possíveis casos. As informações são da EFE.

O manual foi apresentado oficialmente durante a Assembleia Geral da Associação de Comitês Olímpicos Nacionais (ACNO), realizada em Praga.

“As vozes e preocupações dos atletas ressoam em mim. Elogiamos sua coragem para falar de incidentes de assédio e abuso e os apoiamos em sua ação. A segurança e bem-estar dos esportistas são fundamentais para o COI e o movimento olímpico. A nossa responsabilidade é preservar sua segurança e os seus direitos”, destacou o presidente do COI, o alemão Thomas Bach.

O manual, elaborado sobre guias já existentes sobre a matéria e recomendações médicas, se centra em políticas específicas de proteção em organizações e competições e oferece possíveis soluções segundo os estudos de casos através do movimento olímpico.

Os atletas que participarem dos Jogos de Inverno de PyeongChang no próximo mês de fevereiro poderão informar de qualquer incidente de assédio ou a abuso através do oficial de salvaguarda do COI que permanecerá na vila olímpica durante a competição.

O COI afirmou que qualquer denúncia recebida será tratada de maneira confidencial.

Veja também

Combate a crimes de pedofilia passa também por debates com a sociedade Foto: Reprodução No dia em que foi deflagrada uma das maiores operações policiais contra a pedofilia no Brasil, a delegada especializada em combate a crimes contra crianças e adolescentes Valéria Martirena defendeu que o debate sobre o tema, apesar de ser tabu, é fundame...
Violência e assédio de criminosos em escolas de Manaus serão mapeados Foto: Divulgação A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) está mapeando casos de violência, tráfico de drogas e possível assédio de criminosos a estudantes nas proximidades de escolas estaduais da capital amazonense. Desde a semana passada, em um trabalho fei...
Atendimento especializado em casos de violência sexual, é referência no AM. Jovens de 12 a 15 anos s... E, a cada ano, essa infeliz estatística só aumenta, com ênfase na faixa etária de 12 a 15 anos de idade (pré-adolescente a adolescência), responsável por 35% dos casos, seguida pela infância, de 7 a 11 anos, com 23% dos registros. Foto: Divulgação Uma situação que ningué...
Mulheres vão às ruas neste 8 de março em Manaus O ato Paralisação Internacional das Mulheres. Perda de Direitos? Eu não aceito! é organizado por movimentos sociais, fóruns, ativistas, organizações sindicais e coletivos feministas do Amazonas. Foto: Divulgação Pela igualdade de gênero e contra a violência, mulheres ind...
Prefeitura sensibiliza foliões sobre assédio sexual de mulheres e exploração sexual e trabalho infan... A novidade deste carnaval, de acordo com a subsecretária municipal de Políticas Afirmativas para as Mulheres, Socorro Sampaio, é a Ação de Sensibilização sobre o Assédio Sexual de Mulheres, nas bandas e blocos carnavalescos. Foto: Divulgação A Prefeitura de Manaus esteve...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook