Aulas de reforço beneficiam crianças do Prosamim e moradores da zona sul

Aula de reforço no Prosamim. Foto: Divulgação

A volta ao período escolar se aproxima e as aulas de reforço no Parque Cajual, do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim), do Governo do Estado, recomeçaram nesta segunda-feira (05). O projeto, conduzido por uma professora voluntária, conta com aulas semanais realizadas há pouco mais de um ano e tem o objetivo de melhorar a qualidade do ensino e a capacidade de socialização de crianças e adolescentes.

 
A atividade faz parte da programação desenvolvida pela equipe socioambiental da Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Manaus (SRMM) e Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE). Cerca de 30 crianças moradoras do parque e do entorno são atendidas nas aulas, ministradas pela pedagoga Leonora Costa Ferreira.
 

“É uma grande satisfação, para mim, poder colaborar com o aprendizado deles. Sabemos que a maioria das crianças e jovens com quem trabalhamos pertence a famílias com dificuldades financeiras e de relacionamento. O reforço possibilita não só a melhora no rendimento escolar, mas também o lado social, que se desenvolve a cada encontro”, afirmou Leonora.

Dedicação aos estudos – O auxiliar de ferramentaria Alcemir Gomes Teixeira, 43, conta que os três filhos frequentam as aulas de reforço há um ano e as melhoras são significativas.

 

“É notável a evolução deles não só na escola, mas no comportamento em casa também. Ficaram mais disciplinados. A professora do meu filho mais velho disse que percebeu uma mudança muito grande no ano passado”, disse Alcemir, pai de Ezequias (11), Evelyn (9) e Julya (6).

Reforço especial – As disciplinas trabalhadas nas aulas do projeto desenvolvido no Parque Cajual são Língua Portuguesa, Matemática e Educação Ambiental.

 
“Procuramos atender as áreas nas quais eles apresentam maior dificuldade de assimilação. A técnica da professora, aliada às demais atividades socioambientais e educativas que desenvolvemos com eles, proporciona melhorias que ultrapassam as paredes das salas de aula”, considerou Ediane Venâncio, assistente social responsável pela base Cajual.

Veja também

Azul desmente no Twitter notícia sobre queda de avião com 80 passageiros #fakenews A Azul Linhas Aéreas desmentiu um boato fortemente disseminado em grupos de WhatsApp e FaceBook esta noite (21/02). Um avião da empresa, partindo de Belém a caminho de Cuiabá (MT), teria caído com 80 passageiros. "Informamos que nossas operações seguem normalmente, sem incid...
Luiz Castro reforça denúncia contra empresas terceirizadas da área de Saúde O deputado Luiz Castro disse que há servidores sem receber salários há quatro meses. Foto:O deputado Luiz Castro (Rede) voltou a denunciar nesta quarta-feira (21) as empresas contratadas pelo Governo do Estado para prestar serviços aos hospitais de Manaus e que atrasam ...
Seis de 10 vetos do governo são derrubados em votação na Assembleia Legislativa Na pauta de votação constavam 17 matérias, sendo dez vetos do Governo do Estado. Foto: Aleam/DivulgaçãoCom uma pauta onde constavam 17 matérias – sendo dez vetos do Governo do Estado a matérias aprovadas em plenário no final do ano passado e sete Projetos de Lei de auto...
Moradores denunciam comércios irregulares no condomínio Cidade Jardim Comércios de estivas funcionam no conjunto residencial. Foto: DivulgaçãoMoradores do condomínio residencial Cidade Jardim, localizado na avenida Constantino Nery, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus, denunciam que no local funcionam diversos estabelecimentos comer...
Embrapa oferece cursos gratuitos de produção de banana e cultivo de tambaqui A Embrapa Amazônia Ocidental oferece dois cursos gratuitos durante o mês de março. Foto: DivulgaçãoCom o objetivo de capacitar tecnicamente produtores e técnicos de Assistência e Extensão Rural (Ater), a Embrapa Amazônia Ocidental oferece dois cursos gratuitos durante o...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook