Sábado, 21 de abril de 2018

Mutirão da FCecon para o rastreio do câncer de próstata beneficia centenas de homens na faixa etária de risco

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (Susam), realizou, neste sábado (11/11), um mutirão de consultas gratuitas da especialidade de urologia. Cerca de 220 homens, com idade entre 45 e 75 anos, foram avaliados pela equipe médica da instituição, com o suporte das Ligas Acadêmicas de Urologia e de Oncologia, além de profissionais de diversos setores da unidade hospitalar.

O mutirão faz parte do cronograma de ações do Governo do Amazonas e da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) dentro da campanha Novembro Azul. “A campanha reforça os cuidados com a saúde do homem e destaca a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata, o mais incidente na população masculina do Estado”, explicou a diretora-presidente da Fundação Cecon, engenheira biomédica, Ana Paula Lemes.

Inicialmente, 150 vagas estavam previstas para serem ofertadas durante a ação, cujo cadastramento foi realizado previamente. Com a grande procura por consultas na unidade hospitalar, o número foi ampliado para 220, com expectativa de aumento no próximo ano.

“A nossa rotina não inclui consultas de rastreio, por sermos uma unidade de tratamento terciário (alta complexidade). Mas, anualmente, abrimos uma exceção, para chamar a atenção da população masculina sobre a importância dos exames periódicos, como o de toque retal, a partir da faixa etária preconizada pelo Ministério da Saúde, que é de 50 anos, à exceção de pessoas com histórico na família ou da raça negra, que têm maior probabilidade de desenvolver a doença. Para elas, a indicação é a partir dos 45 anos. O mesmo serve para o exame de dosagem do PSA (através da análise sanguínea)”, destacou o gerente do Serviço de Urologia da FCecon, Thiago Padilha.

Jonas do Amaral Correa, que disse fazer acompanhamento desde 2007 para prevenção de câncer de próstata, ressalta que a ação do FCecon o motivou ainda mais a fazer consulta anualmente. “participei desde o ano passado e achei maravilhoso este ano, com a ampliação de vagas. Sobre as palestras, cada ano aprendemos uma coisa nova . Achei que as pessoas ainda deixam p procurar a prevenção em cima da hora”, disse.

A atividade realizada na FCecon faz parte de um projeto elaborado pelo urologista Cristiano Paiva, pesquisador da unidade hospitalar. Para o mutirão, cerca de 70 profissionais e acadêmicos foram mobilizados. A projeção mais recente do Instituto Nacional do Câncer (Inca), subordinado ao Ministério da Saúde (MS), aponta que o Amazonas deve registrar, neste ano, 520 diagnósticos de câncer de próstata, dos quais 330, só na capital.

Câncer de próstata

A próstata é uma glândula localizada abaixo da bexiga e na frente do reto. O câncer de próstata (em geral, adenocarcinoma) se desenvolve através das células glandulares, as que produzem o sêmen. Trata-se do segundo câncer que mais mata homens no Brasil, perdendo apenas para o câncer de pulmão.

Conforme o gerente do Serviço de Urologia da FCecon, Thiago Padilha, o desenvolvimento do câncer de próstata não está relacionado diretamente a fatores ambientais e, sim, ao envelhecimento da população masculina. “Trata-se de uma doença de evolução lenta, assintomática e que não é previnível. Por isso, é preciso enfatizar o diagnóstico precoce como elemento essencial para a cura”, destacou Padilha.

O tratamento pode ser cirúrgico, radioterápico ou multimodal, associando diversas terapias. Padilha alerta que alguns sintomas podem indicar a suspeita de um câncer na próstata, mas em estágio avançado. Entre eles, estão: dor lombar, dificuldade para andar, perda de peso, dor na região perineal com dificuldade de urinar, retenção urinária e insuficiência renal.

Além das consultas, os pacientes receberam lanches e brindes doados pela Liga Amazonense Contra o Câncer (Lacc).

Veja também

Convocados em concurso da Susam são chamados para realização de exames e entrega de documentos As Fundações de Vigilância em Saúde (FVS) e de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (FHemoam) já estão recebendo parte da documentação dos aprovados convocados, desde o dia 15 de fevereiro e prosseguem até 31 de março. As Fundações de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira D...
FCecon terá ampliação de leitos e reforço em setores essenciais para tratamento de câncer A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) anuncia medidas que irão ampliar a capacidade de atendimento da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade de referência ao tratamento do câncer na Amazônia Ocidental. Segundo o secretário esta...
FCecon realiza ação alusiva ao Dia Mundial do Câncer Foto: Arquivo A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria Estadual da Saúde (Susam), realiza, nesta sexta-feira (02/01), uma atividade voltada à prevenção dos principais tipos de câncer registrados na região. A ...
Mamografia pode reduzir em até 40% as mortes por câncer de mama Indicação inicial é que mulheres com menos de 35 anos, façam o exame de ultrassonografia mamária para detectar eventuais alterações. Ele não detecta micro-calcificações, mas pode apontar outros problemas na mama. Foto: Divulgação A mamografia, reconhecida mundialmente co...
Obesidade pode causar câncer, afirma especialista da FCecon O cirurgião Ênio Lúcio Coelho Duarte explica que a obesidade está diretamente associada a diversos tipos de câncer. Foto: FCecon/Divulgação Manaus tem a sétima maior frequência de obesos adultos, entre as 26 capitais e o Distrito Federal. O dado é da Pesquisa Vigitel 2016 ...

Um comentário para “Mutirão da FCecon para o rastreio do câncer de próstata beneficia centenas de homens na faixa etária de risco

  1. ana augusta batista. disse:

    Sinceramente, eu realmente amei essa atitude de todos vocês. Gostaria de conseguir uma consulta, para o meu companheiro. Ele tem 73 anos. Não estava aqui em Manaus. Então, é por isso que peço a vocês se dá pra atender em outro lugar? Por favor! Muito obrigada. Vou Orar, a Deus, que consiga, pelo menos uma vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook