Crianças do Amazonas expõem quadros no Louvre, museu mais famoso do mundo

Trinta e quatro artistas do Amazonas, com idades entre 06 e 13 anos, realizaram o sonho de ter obras expostas no Louvre, em Paris, um dos maiores e mais célebres museus do mundo. A exposição “Les enfants a colorier Paris” exibiu 55 telas pintadas pelos alunos do Atelier Luciana Severo Kids (antigo Atelier Infantil Mão na Massa), provenientes de Manaus, São Paulo, Teresina, Cuiabá, Brasília, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Porto Alegre.

A exposição, realizada de 20 a 22 de outubro, trabalhou o imaginário infantil com foco na arte moderna e contemporânea, sem deixar de lado o regionalismo. Os quadros ocuparam o Carrousel du Louvre, uma galeria comercial no sub-solo do museu que dá acesso à pirâmide invertida, na área central do Louvre, porta de entrada para uma das maiores mostras de arte e cultura do Ocidente e Oriente. O Louvre é o museu mais visitado do mundo e é onde se encontram a Mona Lisa, a Vênus de Milos e a Vitória de Samotrácia, além de obras-primas de artistas renomados como Michelangelo, Rembrandt, Goya e Rubens.

O salão de artes acontece há mais de 17 anos em Paris, mas era exclusivo para artistas profissionais. A artista plástica Luciana Severo, que participa do evento há quatro anos, conta que teve que batalhar muito até conseguir a autorização dos organizadores do evento para que as crianças brasileiras participassem de uma maneira especial da exposição.

“É tudo fruto de muito trabalho e persistência. Para mim uma realização pessoal, uma satisfação de nunca ter desistido, de acreditar que as crianças podem fazer a diferença no mundo. Levar a nossa arte ao topo, representar o nosso Brasil, a nossa Amazônia e tantas cidades brasileiras através da arte de jovens talentos. Me sinto muito feliz e mais motivada a continuar em busca de revelar muitos e muitos talentos Brasil a fora”, afirmou a artista plástica.

Uma das expositoras foi a estudante Larissa Kanzler, que levou para o Louvre dois trabalhos: ‘Une promenade à Paris’ e ‘O grito brasileiro’, inspirado na famosa obra do pintor norueguês Edvard Munch. Nascida em Manaus, Larissa se dedica à pintura desde pequena, quando ‘aprendeu’ a segurar o lápis de cor. Desde os seis anos, em contato com a professora Luciana Severo, ela se empenha aprendendo técnicas e criando seus primeiros quadros, principalmente de abstratos e paisagens.

No dia da vernissage em Paris foi lançado o livro “Les enfants a Colorier Paris”, que reúne todos os trabalhos das crianças. Depois da passagem pelo Museu do Louvre, a professora Luciana Severo pretende organizar duas exposições, em Manaus e em São Paulo, onde os trabalhos exibidos na mostra internacional serão colocados à venda. Parte do dinheiro arrecadado será doado ao projeto “Rompendo mais Fronteiras”, que realiza ações sociais em comunidades isoladas do país, principalmente no interior da Amazônia.

Os artistas que participaram da exposição foram: Aline Schramm; Álvaro H. Gaia; Amanda Barros; Ana Carol Lemos; Ana Clara Araújo; Ana Júlia Ferreira; Ana Laura Muller; Ana Luísa Moreira; Ana Luisa Monteiro; Carol Dias; Ciro Costa; Clara Helena Leão; Duda Novais; Farah Beatriz Raad; Gaby Andrelino; Giovanna G. Leão; Giovanna Novaes; Irna Samira; Isabela Trentini; Isadora Barros; Isadora Urbano; Joana Campos; João Alberto; Júlia Batista; Júlia Huber; Júlia Luíza Ribeiro; Júlia Soares; Julie Porto; Lara Alecrim; Lara Schramm; Larissa Kanzler; Laura Huber; Letícia Oliveira; Letícia Monteiro; Luana Vieira; Luna Rocha, Manuela Fernandes; Marcella Mattos; Maria Catarina Parente; Maria Eduarda Machado; Maria Fernanda Oliveira; Maria Isavel Moreira; Maria Júlia Silva; Maria Luísa Araújo;  Miguel N. Lira; Nathalie Braga; Pietra Pires; Rayssa Fernandes; Rodrigo Ruiz; Sophia Leão, Tomaz Silva; Yasmin Reis; Yasser Raad; Zarah Benchimol Longhi.

Larissa Kanzler, ao lado de seus dois quadros, e a artista plástica e professora Luciana Severo. Foto: Divulgação

Veja também

Manaus vai sediar encontro da ANS sobre regulação de Planos de Saúde A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está preparando mais uma edição do Encontro ANS, evento direcionado aos agentes do setor para discutir temas relacionados à regulação do mercado de planos de saúde. A atividade ocorrerá nos dias 21, 22 e 23 de novembro, em Ma...
Amazonas é destaque no encerramento da COP23, na Alemanha  O “Amazonas for the planet program”, lançado pelo Governo do Amazonas na 23ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP23), em Bonn, na Alemanha, foi destaque nesta sexta-feira (17/11), no encerramento do evento. Com a participação de 197 países empenhad...
Governo do Amazonas inicia processo de licitação para construir três novos presídios no interior do ... Foto: Stéfany Seixas/ SeapPor determinação do governador Amazonino Mendes, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) encaminhou à Comissão Geral de Licitação (CGL) processos para abertura de certame visando a contratação de empresas especializad...
Uma surpresa Eis senão quando, vejo-me “autor”. Conto como ocorreu o fenômeno: agindo à sorrelfa, numa trama digna de “thriller” cinematográfico, meus quatro filhos reuniram alguns destes escritos que eu cometo semanalmente, convenceram uma editora e publicaram o conjunto em forma de um ...
Arthur defende liberação da maconha, homossexuais e privatização. E pode renunciar em abril Arthur está de boltanao belho estilo que polemiza e inquietaA Revista Exame, da Editora Abril, coloca o prefeito Arthur Virgílio entre os que renunciarão em abril de 2018. O jornal espanhol El País é mais contundente. Mostra um Arthur que defende da privatização total à...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook