Auditores fiscais da Receita fazem operação padrão. Zona Franca de Manaus para em dez dias

Com a operação dos auditores da Receita, os contêineres devem se acumular nos portos de Manaus, como o Chibatão. Foto: Arquivo.

Os auditores fiscais da Receita Federal iniciaram segunda-feira (06/11) uma operação padrão em todo Brasil. “Em Manaus o movimento atinge os 70% permitidos em lei”, afirma o representante da Delegacia do Amazonas do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindfisco), José Jefferson. A previsão é que as empresas da Zona Franca fiquem sem matéria-prima em dez dias.

A estratégia dos fiscais prevê fiscalização de todas as cargas, a maioria como se fosse canal vermelho. Só as perecíveis, como alimentos, remédios e urnas funerárias, terão liberação de urgência. O trabalho será feito apenas por 30% do efetivo, que já é pequeno trabalhando na totalidade. Os auditores deixam, com o expediente normal, “pátio limpo”, isto é, liberando as cargas diariamente. Isso visa não desabastecer de matéria-prima as indústrias do Polo Industrial de Manaus (PIM).

“A mercadoria vai acumular e as fábricas, em plena produção do Natal, começarão a parar por falta de insumos”, disse um despachante, ao Portal do Marcos Santos.

O movimento foi deflagrado porque o governo Michel Temer havia combinado a regulamentação do bônus de eficiência. Dia 2 de setembro, o ministro do Planejamento, Diogo Oliveira, firmou compromisso de resolver a questão até fim de outubro. A Diretoria Executiva Nacional (DEN) esperou até o fim do prazo, em 31 de outubro, e iniciou a operação.

O representante da Delegacia do Amazonas do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco), José Jefferson. Foto: Divulgação

Mobilização

Há greve, desde o dia 1º/11, fora da repartição às terças, quartas e quintas. As segundas e sextas, as turmas da Delegacia da Receita Federal de Julgamento (DRJ) paralisam os julgamentos. Todos os grupos e equipes de trabalho, projetos, reuniões gerenciais e iniciativas de incremento de arrecadação estão paralisados.

“Os auditores e a cúpula da Receita estão unidos para garantir o cumprimento da Lei nº 13.464/17. A categoria continuará mobilizada até decreto do bônus da eficiência e a progressão na tabela de vencimentos”, diz comunicado distribuído nacionalmente.

Veja o documento que os auditores fiscais fazem circular pelo Brasil, elaborado pelo Comando Nacional de Mobilização.

Veja também

Manaus vai sediar encontro da ANS sobre regulação de Planos de Saúde A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está preparando mais uma edição do Encontro ANS, evento direcionado aos agentes do setor para discutir temas relacionados à regulação do mercado de planos de saúde. A atividade ocorrerá nos dias 21, 22 e 23 de novembro, em Ma...
Amazonas é destaque no encerramento da COP23, na Alemanha  O “Amazonas for the planet program”, lançado pelo Governo do Amazonas na 23ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP23), em Bonn, na Alemanha, foi destaque nesta sexta-feira (17/11), no encerramento do evento. Com a participação de 197 países empenhad...
Governo do Amazonas inicia processo de licitação para construir três novos presídios no interior do ... Foto: Stéfany Seixas/ SeapPor determinação do governador Amazonino Mendes, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) encaminhou à Comissão Geral de Licitação (CGL) processos para abertura de certame visando a contratação de empresas especializad...
Uma surpresa Eis senão quando, vejo-me “autor”. Conto como ocorreu o fenômeno: agindo à sorrelfa, numa trama digna de “thriller” cinematográfico, meus quatro filhos reuniram alguns destes escritos que eu cometo semanalmente, convenceram uma editora e publicaram o conjunto em forma de um ...
Arthur defende liberação da maconha, homossexuais e privatização. E pode renunciar em abril Arthur está de boltanao belho estilo que polemiza e inquietaA Revista Exame, da Editora Abril, coloca o prefeito Arthur Virgílio entre os que renunciarão em abril de 2018. O jornal espanhol El País é mais contundente. Mostra um Arthur que defende da privatização total à...

5 comentários para “Auditores fiscais da Receita fazem operação padrão. Zona Franca de Manaus para em dez dias

  1. Fernando disse:

    Pobrezinhos ganham tão pouco… .

  2. Marco disse:

    Funcionários públicos da elite que têm salários acima de 20 mil e na sua maioria são batedores de carimbo. Uma vergonha o poder público não tomar alguma medida contra essa turma que só sabe prejudicar quem realmente trabalha.

    1. AFRFB disse:

      Batedor de carimbó é sua mãe…

      1. Francisco Inácio de Melo Júnior disse:

        Total falta de argumento, leva à uma resposta desse nível.

  3. Francisco Inácio de Melo Júnior disse:

    Infelizmente os sindicatos dos empregados das empresas privadas não têm a força dos sindicatos de empresas públicas.
    Hoje, com a reforma trabalhista, esses sindicatos perderam ainda mais suas expressões.
    Sou a favor de qualquer movimento por salários mais justos, porém meus amigos auditores, vamos cobsiderar, seus salários são muito mais que justos.
    Vão trabalhar e ajudem os trabalhadores menos favorecidos a ganharem seus míseros salários.
    Não façam terrorismos com a ZFM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook