Furacões Irma, Jose e Katia destroem Caribe e ameaçam Miami. Terremoto no México. Amazonenses fogem para Orlando

Bar em Saint Marteen que desmoronou após a passagem do Irma. Fotos: Reprodução

A temporada 2017 de furacões está se tornando uma das mais duras de todos os tempos. Miami, que ocupa a quinta colocação histórica entre as cidades mais atingidas pelo fenômeno, está sendo praticamente toda evacuada. O furacão Irma deve chegar entre hoje (09/09), quando já ocorreram chuvas e cortes de eletricidade, e amanhã. Um grupo de amazonenses que reside na cidade partiu para Orlando, em busca de refúgio. “Os parques aqui também fecharam e dizem que o furacão chegará, com menor intensidade”, disse um empresário, que preferiu não se identificar.

Os amazonenses criaram grupos de Whatsapp para se manter informados e em contato. “Ninguém sabe quem vai precisar, nem quando algum tipo de ajuda será necessário”, disse o empresário.

O México, enquanto isso, ainda sofre com o terremoto de quinta-feira (07/09), com 8,2 na escala Richter e o mais forte no país em 31 anos, contabilizando 165 municípios atingidos.

O clima apocalíptico não para por aí. Irma, depois de arrasar Saint Marteen, derrubando inclusive prédios que eram considerados seguros, se aproxima de Miami caindo de 5 para 3 na escala de intensidade, mas pode voltar a crescer, segundo o Wether Channel. Enquanto isso, logo atrás dele, o furacão Jose chega a 4, na mesma escala, passando pela mesma rota e ganhando intensidade. E há outro, Katia, embora com intensidade 1, enfraquecendo e virando tempestade tropical.

Hotel ficou destruído em Saint Marteen, um dos locais mais atingidos no Caribe pelo Irma.

O aeroporto de Saint Marteen antes…

e depois do furacão.

O Irma é o furacão mais intenso registrado na calha do Atlântico em toda a história. O Katrina, terceiro colocado até então, ocorrido em 2005, deixou um prejuízo de US$ 1 bilhão só na cidade de New Orleans, nos Estados Unidos, tendo entrado e saído do território norte-americano várias vezes. Ninguém consegue calcular, ainda, o tamanho do estrago que os três furacões deste ano podem causar.

A dúvida agora é saber: qual, afinal, é a temporada de furacões no Caribe e quais as cidades mais perigosas? Os especialistas dizem que setembro é o mês mais provável para os furacões aparecerem. Mas a “temporada oficial” vai de 1º de junho a 30 de novembro, segundo estatísticas que cobrem de 1851 a 2013.

As Bahamas são, disparadas, o local onde os furacões mais costumam aportar. Miami “fura a fila”, segundo o site Hurricanes City, aparecendo em quinto lugar entre elas, sempre entre 1851 e 2013. Veja a lista:

1 – Great Abaco Island – Bahamas (39)

2 – Grand Bahama Island – Bahamas,  Bermuda, Cape Hatteras – North Carolina (35)

3 – Eleuthera Island – Bahamas (34)

4 – Bimini – Bahamas (33)

5 – Miami – Florida (31)

6 – Andros Island – Bahamas, Cat Island – Bahamas (29)

7 – Delray Beach – Florida, Hollywood – Florida, Lake Worth – Florida, Salvador Island – Bahamas (28)

8 – Cayman Islands, Deerfield Beach – Florida, Florida City – Florida, Isle of Youth – Cuba, Key Largo – Florida, Boynton Beach -Florida, Morehead City – North Carolina (27).

Veja esta impressionante simulação das categorias dos furacões, publicada no Youtube:

Veja também

Manaus vai sediar encontro da ANS sobre regulação de Planos de Saúde A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está preparando mais uma edição do Encontro ANS, evento direcionado aos agentes do setor para discutir temas relacionados à regulação do mercado de planos de saúde. A atividade ocorrerá nos dias 21, 22 e 23 de novembro, em Ma...
Amazonas é destaque no encerramento da COP23, na Alemanha  O “Amazonas for the planet program”, lançado pelo Governo do Amazonas na 23ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP23), em Bonn, na Alemanha, foi destaque nesta sexta-feira (17/11), no encerramento do evento. Com a participação de 197 países empenhad...
Governo do Amazonas inicia processo de licitação para construir três novos presídios no interior do ... Foto: Stéfany Seixas/ SeapPor determinação do governador Amazonino Mendes, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) encaminhou à Comissão Geral de Licitação (CGL) processos para abertura de certame visando a contratação de empresas especializad...
Uma surpresa Eis senão quando, vejo-me “autor”. Conto como ocorreu o fenômeno: agindo à sorrelfa, numa trama digna de “thriller” cinematográfico, meus quatro filhos reuniram alguns destes escritos que eu cometo semanalmente, convenceram uma editora e publicaram o conjunto em forma de um ...
Arthur defende liberação da maconha, homossexuais e privatização. E pode renunciar em abril Arthur está de boltanao belho estilo que polemiza e inquietaA Revista Exame, da Editora Abril, coloca o prefeito Arthur Virgílio entre os que renunciarão em abril de 2018. O jornal espanhol El País é mais contundente. Mostra um Arthur que defende da privatização total à...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook