Aliança Amazonino e Eduardo Braga, porque pode ser e por que ainda não?

Aliança Amazonino e Eduardo Braga

Aliança Amazonino e Eduardo Braga

Era uma simples reunião de homologação do Diretório Municipal do MDB, que estava há anos sob intervenção. Não mudou nem o presidente, que continua sendo Jesus Alves dos Santos. O senador Eduardo Braga, no entanto, resolveu aproveitar o sábado (14/05) e levar a tiracolo o ex-governador Amazonino Mendes. O local, a sede estadual do partido, no Parque 10, estava esvaziado. Apenas os prefeitos de Manacapuru, Beto D’Ângelo, e de Manaquiri, Jair Souto, estavam presentes. De quebra, o senador rasgou elogios a Amazonino, dizendo que “aprendeu muito” com ele (“com acertos e erros”). Ficou uma interrogação: se o evento não era importante – o que justificaria a plateia esmirrada – o que Amazonino foi fazer lá?

 

Aliança

Está claro que Eduardo Braga e Amazonino estão próximos de firmar aliança. A dúvida que persiste é simples e direta: quem será o vice?

 

Grupo de Braga

Do lado de Eduardo Braga, os simpatizantes afirmam que o senador deve ser o cabeça de chapa. Lembram que Amazonino não tem grupo, nem recursos, nem saúde para eleição pesada como esta.

 

Grupo de Amazonino

Do lado de Amazonino, os mais próximos esgrimem as pesquisas que mostram o ex-governador liderando as intenções de voto. Dizem que Braga seria um vice duro de carregar, devido à alta rejeição. E que, sendo homem rico, não parece disposto a investir na campanha.

 

O que os une

O crescimento do governador Wilson Lima demonstra que Amazonino e Braga, separados e sem máquina, são adversários frágeis. Só unidos, os dois melhoram as chances de enfrentá-lo.

 

Prefeitos

Braga tentou, no dia 27 de abril, reunir os prefeitos amazonenses que participavam da 23ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. Escolheu a prestigiada, famosa e cara churrascaria Fogo de Chão. Foram apenas cinco: Jair Souto (Manaquiri), Beto D’Ângelo (Manacapuru), Nathan Macena (Careiro Castanho), Adenilson Reis (Nova Olinda do Norte) e Paulino Grana (Silves). Agora, no evento do sábado (14/05), restaram apenas dois.

 

Justificativa

A assessoria de Eduardo Braga afirma que o evento de sábado foi apenas homologatório. Não houve “convite às bases” e apenas alguns poucos souberam do evento e decidiram participar.

 

Pesquisas

Nem uma das pesquisas mais recentes, colocando Braga em segundo lugar, à frente de Wilson Lima, anima o senador. Sai a informação, de círculo próximo, que ele já entendeu a necessidade de aliança com Amazonino. Só está “valorizando o passe”.

 

Banho de asfalto

Amazonino e Braga estão tensos, para dizer o mínimo, com o banho de asfalto que Wilson Lima e David Almeida estão dando em Manaus. Mais até que os movimentos do governador no interior. Sabem que o asfaltamento de ruas é uma das ações que mais atraem votos na capital.

 

AM-010

A ênfase no atoleiro da rodovia AM-010 (Manaus-Itacoatiara) pode ser um tiro no pé. A rodovia está sendo “recuperada e modernizada”. Como engenheiros não são políticos, o trabalho acabou atolando veículos e, praticamente, isolando Itacoatiara. A questão é que a obra deve superar o problema antes da eleição. E o material atual acabará sendo usado como “falta de visão político-administrativa”.

 

Federação

Eduardo Braga é dos que mais lutam, dentro do MDB, para inviabilizar a candidatura a presidente de Simone Tebet. Quer fechar com Lula logo no 1º Turno. A tendência, no entanto, é que o partido faça federação com PSDB e Cidadania. Aí Braga estaria abraçado, inseparavelmente, com Amazonino, que é do Cidadania. E o ex-prefeito Arthur Virgílio, pré-candidato ao Senado do PSDB.

 

Federação (2)

Lembrando que o prazo final para a criação das federações partidárias, a grande inovação deste pleito, é 31 de maio. Depois, o panavueiro estará feito e os políticos terão que se submeter às decisões das cúpulas partidárias. E ponto final.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.