Boi Garantido participa da revolução digital do metaverso

Foto: Divulgação

A partir da 55ª edição, o Festival Folclórico de Parintins entra na “Nova era da internet”. Por meio do game BullsCrypto; o Brazillian Bulls, coleção de NFTs dos bois e do festival e o Parintinsverso, cidade virtual, o evento ganha a própria identidade cripto.

As alegorias, indumentárias, músicas e histórias do Festival Folclórico de Parintins envolvem uma audiência impactada pelas diversas sensações promovidas pelo evento. Esta experiência é ampliada com os NFTs, que são diferentes “produtos” criados por diversos tipos de pessoas (comuns, artistas, desenvolvedores ou quaisquer outros tipos de criativos), colocados à venda em algum marketplace específico.

A ideia dos desenvolvedores do projeto é oferecer oportunidade para uma pessoa adquirir com exclusividade seu próprio ritual ou lenda amazônica, por exemplo. Seu ícone ou figurino favorito, tudo adequado ao conceito de exclusividade trazido pelas criptomoedas.

Maior alcance

A tecnologia NFT divulgará os bois de Parintins de maneira mais ampla promovendo novas formas de geração de renda para todos os envolvidos, na cadeia criativa e tecnológica, além de posicionar o festival como um evento de inovação.

Será, ainda de acordo com os desenvolvedores do projeto, uma maneira moderna para geração de recursos aos bois, aos artistas e, claro, aos potenciais investidores.

O projeto, além de fortalecer as marcas, atuará como uma ponte entre gerações. É uma ferramenta de comunicação da tradição por meio dos canais de interação com adolescentes e jovens.

Revolução

Parintins chega ao metaverso com suas cores, aromas e sabores, promovendo uma revolução em duas frentes: cultural e tecnológica. A essência do festival permanece a mesma. A diferença é que agora chega aos seus espectadores e torcedores de maneira ainda mais impactante.

O presidente do Boi Garantido, Antonio Andrade, avaliou que com a entrada do Festival de Parintins, no Metaverso e NFT, acontecerá o fortalecimento das marcas, tanto do contrário, quanto do Garantido, assim como do evento como um todo. Ele também destacou que chegarão novas fontes de recursos; haverá abertura de um novo nicho econômico para os artistas da cidade e, claro, a revolução tecnológica.

“Temos que perceber o Festival de Parintins, como um evento tradicional, entretanto, que está sim, em constante evolução. O Garantido está preparado para essa nova era”, resumiu.

A gerente de projetos da Maná Produções, Márcia Nogueira, falou da expectativa positiva. “Minha expectativa principal é que a gente consiga internacionalizar o Festival de Parintins e divulgue o folclore brasileiro para o mundo”.

A entrada de Bois e de Parintins no metaverso, na opinião do diretor Comercial da Maná, André Guimarães, é a entrada num admirável mundo novo que trará aos bumbás reconhecimento internacional e a sustentação econômica que tanto precisam.

NFT

A sigla NFT significa Non Fungible Tokens, ou Tokens não fungíveis. Bens fungíveis são aqueles que podem ser consumidos ou trocados por outros de igual valor. O dinheiro é um exemplo de bem fungível. Pode ser trocado uma nota de R$ 20 por duas de R$ 10. O total será o mesmo, sem alteração.

Os bens não fungíveis são aqueles que não podem ser trocados nem substituídos, que possuem características que os tornam únicos. Uma obra de arte, por exemplo, como “A Noite Estrelada”, de Vincent Van Gogh. Embora seja possível fazer uma cópia fotográfica e imprimi-la, ela jamais terá o mesmo valor da peça original, seja por sua história, traçado ou demais características.

Saiba mais em www.parintinsverso.com.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.