No Amazonas, 32 municípios zeraram internações por Covid-19

A redução de internações se dá, principalmente, pelo avanço da cobertura vacinal em todo o Amazonas. Foto: Divulgação/Geizyara Brandão/SES-AM

O Amazonas segue registrando queda no número de casos graves da Covid-19 no interior do estado. Nesta segunda-feira (14/2), dos 61 municípios, 32 não apresentaram internações pelo novo coronavírus. Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM). A redução se dá, principalmente, pelo avanço da cobertura vacinal em todo o Amazonas.

Estão sem pacientes internados nas unidades hospitalares os municípios de Amaturá, Atalaia do Norte, Benjamin Constant, São Paulo de Olivença, Guajará, Ipixuna, Alvarães, Japurá, Maraã, Uarini, Canutama, Lábrea, Tapauá, Anori, Beruri, Novo Airão, Codajás, Barcelos, Careiro da Várzea, Iranduba, Manaquiri, Manicoré, Novo Aripuanã, Itapiranga, São Sebastião do Uatumã, Silves, Urucará, Barreirinha, Boa Vista do Ramos, Maués, Nhamundá e Caapiranga.

O Governo do Estado ampliou para 2.500 o número de leitos no interior, sendo 862 destinados exclusivamente para internações de pacientes diagnosticados com a Covid-19. No total, são 63 internações em leitos públicos na rede pública do interior, com apenas um paciente em Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) e 62 em leitos clínicos, ou seja, a taxa de ocupação caiu para 7%.

“Na semana passada, eram 29 municípios sem registro de internação por Covid-19 e, nesta segunda, a quantidade aumentou. Vamos seguir com as ações para fortalecer a assistência em saúde a todo o estado. Ao mesmo tempo em que solicitamos a colaboração para que a população continue aderindo à campanha de vacinação contra a Covid-19”, afirmou o secretário de estado de saúde, Anoar Samad.

Vacinação

Segundo dados da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), até esta segunda-feira (14/2), o Estado aplicou 6.509.500 doses do imunizante contra a Covid-19. Deste número, 2.812.253 são referentes aos municípios do interior do Estado.

Outro fator que contribuiu para a redução do número de internações é o fortalecimento das estruturas do interior promovido pelo Governo do Amazonas, com a reorganização da rede de assistência. Hoje, casos leves e moderados de Covid-19 são tratados nos próprios municípios.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.