Portal do Trabalhador recebeu mais de 106 mil inscrições de usuários em 2021

Canal on-line do Estado oferta mesmos serviços que postos presenciais, como vagas de emprego e cursos profissionalizantes.

Ferramenta do Governo do Amazonas que concentra informações e serviços do Sine Amazonas, o Portal do Trabalhador vem contribuindo de forma significativa para a geração de emprego, renda e qualificação profissional da população. Lançado em 2021, no Dia do Trabalhador, a página on-line já teve mais de 106 mil candidatos inscritos em apenas sete meses de funcionamento.

Coordenado pela Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo (Setemp), o Sine Amazonas é responsável por intermediar o contato entre empresas e trabalhadores que buscam se inserir no mercado de trabalho. Durante a pandemia, o Governo do Amazonas se reinventou para continuar ofertando os serviços à população.

“A ideia do Governo do Amazonas, com a informatização dos seus serviços, é justamente trazer o máximo de possibilidades e conforto para os seus usuários. Assim, o Portal do Trabalhador enseja reunir todos os nossos serviços. Era necessário acordar 6h ou 5h para disputar uma vaga, e hoje você faz isso a qualquer horário do dia, desde que a vaga ainda esteja disponível. E é muito simples: só basta o nome, CPF e algumas informações e o currículo”, afirmou Helder Cintra, diretor-presidente do Sine Amazonas.

Acessos ao site

Nos sete primeiros meses on-line para a população, o Portal do Trabalhador (www.portaldotrabalhador.am.gov.br) recebeu 106.596 inscrições em vagas de emprego e em cursos profissionalizantes, ofertados pelo Sine em parceria com instituições públicas e privadas de ensino.

Ao todo, o portal teve mais de 236,7 mil acessos nos primeiros sete meses. São pessoas que buscavam, além das vagas de emprego, o acesso a cursos e informações diversas sobre Seguro-Desemprego e outros direitos do trabalhador.

Captação de vagas

O Sine Amazonas, por meio da Gerência de Intermediação de Emprego, conta com uma equipe que vai às ruas e capta as vagas de empresas interessadas em firmar parceria com o Sine, em função da gratuidade e da excelência no serviço.

“Aqui o nosso trabalho é intermediar vagas, o Governo do Estado é apenas um elo entre o trabalhador e as empresas. Então nós fornecemos o perfil da empresa, a empresa nos contacta e nós buscamos o usuário que melhor se adequa àquela vaga. Se não há nenhum usuário disponível no momento, nós procuramos entender o porquê, e aí nós precisamos pensar em qualificação, em oportunidades, em negociar melhor essa vaga”, afirmou o diretor.

Dessa forma, o órgão insere no Portal todas as informações relativas às vagas e às exigências para contratação, bastando o usuário inserir seus dados e o currículo para concorrer.

Projeção para 2022

Para os próximos meses, o Sine Amazonas prevê um aumento na equipe de captação de vagas, o que deve agregar mais oportunidades a perfis diferenciados. Atualmente, o órgão já oferta, em média, 70 a 100 vagas de emprego diariamente.

Além disso, o Sine Amazonas também prevê uma ampliação necessária das vagas para Pessoas Com Deficiência (PcDs), e para candidatos com idades acima de 60 anos, diante dos programas e planejamentos com as empresas que possuem essa disponibilidade.

“Neste ano de 2022, nós temos uma expectativa muito alta com relação tanto a cursos de qualificação profissional quanto a ofertas de emprego. Você que está buscando emprego pode ficar preparado e acompanhando, que logo tem coisa boa vindo”, concluiu o diretor-presidente do Sine Amazonas.

A ampliação da oferta de cursos profissionalizantes também é uma das projeções do Sine Amazonas para 2022.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.