Autônomo que cobrava dívidas para engenheira matou mulher enforcada

Autônomo que cobrava dívidas para engenheira matou mulher enforcada

Autônomo que cobrava dívidas para engenheira matou mulher enforcada. Ela foi encontrada morta no carro, no estacionamento do hospital. Fotos: Erlon Rodrigues e Alailson Santos/ PC-AM

Na tarde de quinta-feira (9), por volta das 14h, policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), sob a coordenação do delegado Paulo Martins, titular da especializada, cumpriram mandado de prisão temporária em nome do autônomo Jeferson Borges de Souza, 34, pela autoria da morte da engenheira Andréia Defavari Vasconcelos, 46.

O homem foi preso em via pública, no bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus. O desfecho do caso foi divulgado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (10/1), às 10h, no prédio da DEHS.

Autônomo

Conforme o delegado, as diligências em torno do homicídio iniciaram após o corpo da vítima ser encontrado, no último sábado (04/01), dentro do carro dela, modelo Honda Civic de cor prata, abandonado pelo autor do delito no estacionamento de uma unidade hospitalar, na zona centro-sul da capital.

“A engenheira realizava empréstimos de dinheiro a juros e Jeferson trabalhava para ela realizando a cobranças dos valores. Na tarde da última sexta-feira (03/01), por volta das 17h40, os dois se encontraram no bairro Santo Agostinho, zona oeste da cidade. Na ocasião, após exigências por parte da vítima com relação aos pagamentos dos credores, Jeferson entrou no veículo da engenheira e, utilizando um cinto de pano que estava no carro, enforcou a mulher”, relatou Martins.

Corpo abandonado

Conforme a autoridade policial, após o crime Jeferson seguiu até o bairro Tarumã, também na zona oeste, com intuito de se desfazer do corpo da engenheira, entretanto, não conseguiu, decidindo então abandonar o veículo no estacionamento do hospital. A ordem judicial em nome dele foi expedida no dia 9 de janeiro pelo juiz George Hamilton Lins Barroso, da Central de Plantão Criminal.

Procedimentos

Jeferson foi indiciado por homicídio. Ao término dos trâmites na DEHS, ele será levado para audiência de custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul da cidade.

PUBLICIDADE
Tags: DEHS, homicídio
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.