Preso homem que atirou em rosto de PM durante assalto no Alvorada 2

Preso homem que atirou em rosto de PM durante assalto no Alvorada 2

Preso homem que atirou em rosto de PM durante assalto no Alvorada 2. Fotos: Alailson Santos/ PC-AM

San Oliveira Almeida, 18, foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva por latrocínio tentado contra um policial militar. Ele foi apresentado nesta segunda-feira (20).

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelos delegados Guilherme Torres e Demetrius Queiroz, titular e adjunto, respectivamente, da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), falou sobre o cumprimento de mandado de prisão.

Preso

De acordo com Guilherme Torres, o crime ocorreu no dia 17 de maio deste ano. San, em posse de uma arma de fogo, entrou em uma loja situada na segunda etapa do bairro Alvorada, zona centro-oeste da capital, e anunciou o roubo.

Conforme o delegado, durante a ação criminosa, um policial militar de 35 anos reagiu e acabou alvejado no rosto.

Tiro no rosto

“Após atingir o policial militar, o indivíduo subtraiu a renda do caixa, estimada em R$ 1 mil e, em seguida, deixou o local. Do lado de fora, José Carlos Abreu da Silva, 35, o aguardava em uma motocicleta. Ressalto que José Carlos já foi indiciado durante as diligências. No entanto, quem praticou a ação criminosa dentro da loja e efetuou o disparo foi San”, explicou Torres.

Conforme Demetrius Queiroz, o mandado de prisão em nome de San foi expedido no dia 17 de maio deste ano, pelo juiz Henrique Veiga Lima, da 9ª Vara Criminal.

“Iniciamos as buscas, logo após a expedição da ordem judicial. Efetuamos a prisão do infrator ainda no mesmo dia, por volta das 17h, no bairro da Paz, zona centro-oeste da capital”, disse.

Ferimento

Convidado pelos delegados que estão à frente da Derfd para participar da coletiva de imprensa, o deputado estadual Péricles Nascimento (PSL), delegado de Polícia Civil licenciado, destacou que o crime que vitimou o policial militar foi similar ao que aconteceu com ele no dia 8 de outubro de 2017, quando respondia pela titularidade da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfd) e estava em uma operação policial no bairro Tarumã, zona oeste de Manaus.

“O PM atingido está aguardando cirurgia e isso recorda o que passei durante o confronto com um grupo de indivíduos que estava sendo investigado por roubo. Na ocasião, fui atingido por um disparo de arma de fogo no maxilar. Hoje a equipe da Derfd está dando mais uma resposta imediata à população, com a prisão desse infrator”, argumentou o parlamentar.

Detido

San foi indiciado por latrocínio tentado. Após os procedimentos cabíveis na especializada, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde deverá ficar à disposição da Justiça.

Veja também
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *