Clínicas veterinárias serão fiscalizadas e Centro de Controle de Zoonoses ampliado

O prefeito Arthur Neto reunido com o secretário de Saúde, Marcelo Magaldi, e vereadores. Foto: Mário Oliveira/Semcom

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, acatou na noite desta segunda-feira, 14/5, a indicação do vereador Raulzinho, subscrita pelo vereador Professor Fransuá, que demanda a reforma completa e ampliação do Centro de Controle de Zoonoses de Manaus (CCZ). Ele também anunciou que será realizada uma fiscalização nas clínicas veterinárias da cidade.

Segundo o prefeito, a indicação da reforma atende uma demanda muito importante de parte da população, que cuida e quer o bem de animais. Ele destacou também que os vereadores tiveram reuniões com o secretário Municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, para a confecção de um documento com “conteúdo maduro e de enorme relevância”.

“Vai sair uma ampla reforma, e essa é uma exigência que eu faço em relação ao Centro de Zoonoses. Isso é o respeito verdadeiro, não aquele político, é respeito sincero pelos animais. Também estamos prestes a firmar uma parceria com o Instituto Federal do Amazonas (Ifam), que possui uma estrutura para proporcionar atendimento médico aos animais”, destacou o prefeito.

O requerente da indicação, vereador Raulzinho, se mostrou satisfeito com a decisão do prefeito e lembrou que Arthur garantiu que os trâmites licitatórios irão começar com celeridade para dar início à reforma do CCZ. “Resolvemos fazer a indicação da reforma e, após muitas tratativas com o secretário de saúde, poderemos não só reformar, mas fazer a ampliação do CCZ para melhor atender a população que precisa levar seus animais para esses cuidados”, disse o autor da indicação.

O vereador Professor Fransuá elogiou a atitude do prefeito em prontamente atender os anseios da população em relação à reforma do Centro. “Apresentamos uma proposta da causa animal e o prefeito acenou positivamente, se mostrando favorável à indicação. Isso é um ganho para a cidade de Manaus”, ressaltou.

O secretário de Semsa, Marcelo Magaldi, explicou que uma vez autorizado pelo prefeito, inicia-se o processo de licitação para a reforma. “Além de reformar o CCZ, também vamos reformar nossas unidades móveis de castração. Manaus apresenta um elevado número de castrações, por isso a necessidade de realizar a reforma para melhorar cada vez mais o serviço”, explicou Magaldi.

O CCZ apresenta números expressivos de castrações  em comparação a outras capitais. Somente no ano de 2017 foram contabilizados 9 mil animais castrados.

Fiscalização

O prefeito Arthur destacou, ainda, que os vereadores solicitaram uma fiscalização nas clínicas veterinárias, e que a Semsa já se organiza para realizar uma série de visitas nestes espaços por toda a cidade.

“Queremos atestar a higiene, as condições efetivas das vacinas e checar todos os documentos de regularização perante os órgãos responsáveis para deixarmos tudo em ordem”, enfatizou Arthur.

Comentários
Veja também
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *