Segunda-feira, 16 de julho de 2018

Programa Diário da Manhã


Ouvir a Rádio Diário Ao Vivo

PF desmonta quadrilha que cruzava fronteiras para fazer câmbio ilegal com dólar e euro. Grupo cometia crimes fiscais na ZFM

Operação da PF desarticula quadrilha que cometia crimes fiscais

Os investigados estão sendo interrogados e indiciados pelas práticas criminosas nas sete unidades da federação. As investigações continuam com análise do material apreendido na operação. Foto: Divulgação

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (10) uma operação para desarticular uma quadrilha que cometia crimes fiscais na Zona Franca de Manaus e na Área de Livre Comércio em Boa Vista (RR).

São 40 mandados judiciais cumpridos, sendo 29 de busca e apreensão, oito mandados de prisão preventiva e três de afastamento de servidores públicos do cargo no Amazonas, Roraima, Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal e Espírito Santo.

Justiça Federal

Todos os mandados foram deferidos pela Justiça Federal em Roraima. Os crimes investigados são corrupção, operação de câmbio ilegal, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

A quadrilha operava com a coleta de moeda estrangeira (dólar e euro) na fronteira Brasil-Venezuela e Brasil-Guiana, com guarda da moeda na residência do chefe da organização em Boa Vista.

Na sequência, os envolvidos retiravam o dinheiro em Boa Vista, em duas a três viagens por semana, transportando de R$ 100 mil a R$ 200 mil por viagem.

Casa de câmbio

O dinheiro era levado para Brasília e São Paulo, onde era entregue em casa de câmbio e os valores gerenciados pelo chefe da organização criminosa.

No curso da investigação, foi desvendada prática de crimes fiscais, mediante aquisição de empresas de fachada por R$ 5 mil a R$ 10 mil, com sede na Zona Franca de Manaus e na Área de Livre Comércio em Boa Vista. A operação, nomeada de Capilé, remete ao termo utilizado pelos investigados em referência à propina paga a servidores públicos.

Benefícios fiscais

Com os benefícios fiscais concedidos a empresas de fachada, os investigados adquiriam ilicitamente mercadorias com incentivo fiscal de empresa distribuidora situada em Goiânia.

Tais mercadorias de fato não eram remetidas à área com benefício fiscal, sendo destinadas a outros estados da federação, com aproveitamento criminoso de benefício fiscal e envolvendo pagamento de propina a servidores públicos das secretarias de Estado de Fazenda (Sefaz) e superintendências da Zona Franca em Manaus e Boa Vista.

Veja também

Carga de 200kg de droga avaliada em R$ 3 milhões, apreendida no Rio de Janeiro, partiu de Manaus, co... Motorista ficou nervoso e confessou estar transportando droga escondida no tanque de combustível. Ele disse que droga partiu de Manaus para abastecer zona Norte do Rio. Foto: Divulgação Um carregamento de drogas avaliado em R$ 3 milhões foi recuperado pela Polícia Rodovi...
MPF denuncia ex-secretário da Sefaz por corrupção. Afonso Lobo é acusado de receber mais de R$ 1 mil... Entre os presentes e propinas, Afonso Lobo recebeu ingressos para a Copa, para shows, além de vinhos caros. Foto: Divulgação O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o ex-secretário de Estado da Fazenda do Amazonas (Sefaz) Afonso Lobo Moraes e os empresários Mouhamad...
Surto de sarampo no Amazonas e em Roraima já registra 500 casos. Manaus tem mais confirmados Prefeitura anuncia hoje medidas para conter surto. Situação se agrava com a suspeita de duas mortes pela doença em Manaus. Crescimento no número de casos suspeitos aumenta a possibilidade de disseminação para outros estados do país. Foto: Divulgação Um surto de sarampo a...
Piloto diz ter feito pouso forçado após dois homicídios em pleno voo entre Mato Grosso e Apuí, no Am... Piloto não ficou preso por homicídio porque polícia não encontrou os corpos. Foto: Divulgação A Polícia Civil do Pará e a Polícia Federal estão investigando as circunstâncias que forçaram o piloto de um avião executivo a fazer pouso forçado em um rio do sudoeste do Pará,...
Operação na fronteira tem 18 prisões por tráfico e crimes ambientais, e apreensão de armas, munições... Cinco cidades foram alvo das ações da Esforço Integrado, que seguem até amanhã, com foco no narcotráfico e crimes ambientais. Fotos: Divulgação Na fronteira do Amazonas com outros países, a Operação Esforço Integrado resultou na prisão de 18 pessoas e na apreensão de ent...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook