Sexta-feira, 20 de julho de 2018

Por surgimento de focos, brigada de combate ao caramujo africano chega ao Tarumã

Com mais essa ação, sobe para 14 o número de brigadas formadas em diversas zonas da cidade. Foto: Divulgação

O trabalho de formação de brigadas de combate ao caramujo africano chegou, neste final de semana, à área do Tarumã, na zona Oeste. Essa é uma das estratégias de educação ambiental realizadas, pela Prefeitura de Manaus, para combater a proliferação do molusco.

A equipe da Divisão de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) esteve na manhã deste sábado, (17) levando a formação para os moradores do Condomínio Porto Marina Tauá, em razão do surgimento de focos.

Com mais essa ação, sobe para 14 o número de brigadas formadas em diversas zonas da cidade, desde o ano passado, quando teve início o projeto, com a participação de mais de 200 brigadistas.

A formação aconteceu no salão de festas do residencial. Eglair Monteiro, diretora pedagógica da Escola Internacional do Amazonas, que fica no interior do condomínio, considerou a iniciativa como uma oportunidade de aprendizado não só para os funcionários como também para professores da escola.

“Já fazíamos um trabalho de limpeza da área da escola e não tínhamos conhecimentos específicos acerca do caramujo africano e suas peculiaridades. A oficina nos proporcionou esse conhecimento e além de podermos propagar as informações, termos a segurança em fazer o combate de forma correta”, afirmou Eglair.

Na última sexta-feira, 16/02, os técnicos da Semmas foram até o Conjunto Mundo Novo, na zona Norte, para a realização de mais uma formação, desta vez na Escola Municipal Nilton Lins. A formação contou com a participação dos alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, que apresentaram trabalhos de pesquisa sobre o caramujo africano.

A professora Jercilda da Silva, 43, moradora do conjunto, disse que a formação foi um estímulo para os alunos pesquisaram a respeito da espécie. “Tínhamos dúvidas sobre o caramujo africano e decidimos estimular os alunos a pesquisar sobre o assunto para a apresentação dos trabalhos durante a formação, realizada com a participação dos pais dos alunos”, afirmou Jecilda.

O chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Raimundo Araújo, destaca o êxito obtido a partir das formações. “Estamos dando continuidade ao trabalho, porque com o período de chuvas o surgimento de focos do caramujo africano se intensifica. Importante destacar que as ações acontecem mediante demanda da comunidade, que se preocupa em aprender sobre a espécie e como fazer o controle com segurança”, afirma Araújo.

Solicitação brigada

Os interessados em solicitar a formação podem ligar para 3236-8587.

Veja também

Motociclista morre e passageiro fica ferido após colisão entre moto e caçamba nesta quinta Ainda segundo as informações repassadas, o condutor da moto caiu e uma das rodas do caminhão esmagou a cabeça do motociclista, que morreu no local. Foto: Divulgação Um homem morreu após uma colisão entre uma motocicleta e um caminhão caçamba na manhã desta quinta-feira (...
Após protestos e manifestações, governo recua para implantar unidade prisional no Tarumã Moradores do Tarumã fizeram ato pacífico hoje e rodam nas redes sociais um abaixo-assinado. Governador determinou que Seap procure uma nova área de estudo. Fotos: Divulgação Após um novo protesto pacífico neste sábado (7), realizado por moradores de conjuntos e residenci...
Ipaam autoriza empresa de grande porte a imprimir e fabricar papelão em Manaus Foto: Divulgação O presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Marcelo Dutra, autorizou nesta terça-feira (03) a Licença de Operação (LO) para atuação da empresa de grande porte Labelpress Indústria e Comercio da Amazônia Ltda., para o processo de fa...
DIP lança pequeno manual para denúncias no Tarumã Foto: Divulgação A Polícia Civil do Amazonas, por meio do delegado Guilherme Torres, titular do 20º Distrito Integrado de Polícia (DIP), disponibiliza à população o número do disque-denúncia da unidade policial: (92) 99518-2854, para que sejam repassadas informações rela...
PM assaltado no Tarumã tem quadro grave após levar tiro no peito. Ele segue na UTI do 28 de Agosto Cabo da PM Souza levou dois tiros e teve grave lesão no pulmão, passando por cirurgia. Ele está na UTI. Foto: Divulgação O cabo da Polícia Militar (PM) Adalberto de Souza Oliveira, 30, que foi baleado na comunidade União da Vitória, no Tarumã, zona Norte, na noite desta ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook