Terça, 19 de junho de 2018

Desembargadora concede prisão domiciliar para Wilson Alecrim e ele está autorizado a se operar em SP

Prisão domiciliar para Alecrim

Prisão domiciliar para Alecrim foi concedida na tarde desta quinta (11/01) e ex-secretário também foi autorizado a operar câncer de próstata em São Paulo

O ex-secretário estadual de Saúde Wilson Alecrim será transferido, nesta sexta (12/01), pela manhã, para prisão domiciliar. Não há previsão de que ele use tornozeleira eletrônica. A informação é do advogado Rodolfo Santana, do escritório Simonetti Advocacia. O médico é acusado de fazer parte do esquema que desviou mais de R$ 110 milhões do sistema de saúde do Amazonas. O dinheiro foi proveniente do Sistema Único de Saúde (SUS).

A transformação de prisão preventiva em domiciliar é da desembargadora federal Mônica Sifuentes, do Tribunal Regional da 1ª Região (TRF1). Ela concedeu liminar em Habeas Corpus (HC), que ainda precisará ser julgado pelo plenário da corte. Sifuentes também autorizou o médico a fazer cirurgia de câncer de próstata, em São Paulo.

 

Cirurgia no hospital Osvaldo Cruz

Alecrim é paciente do médico Alberto Azoubel Antunes, chefe do setor de próstata na Universidade de São Paulo (USP), há 12 anos. Às vésperas da primeira prisão dele, de 13/12 a 28/12, o ex-secretário havia feito uma biópsia. O procedimento, que confirmou o câncer, provocou sangramento nos primeiros dias da prisão. O sangramento já parou. Ele voltou ao cárcere no dia 31/12.

O juiz natural das operações Maus Caminhos, Custo Político e Estado de Emergência, Luiz Felipe, já foi comunicado da decisão da desembargadora. Ele emitiu, agora à tarde, despacho autorizando a Polícia Federal a conduzi-lo para casa.

“O médico havia pré-marcado a cirurgia dele, que será feita por robô, no hospital Osvaldo Cruz, para o dia 10/01. Como não foi possível, o procedimento está remarcado para dia 23/01”, disse Rodolfo. Não há necessidade de nenhuma nova autorização para que o ex-secretário viaje para a cirurgia.

 

Bem, na medida do possível

Wilson Alecrim mostra-se resistente, segundo Rodolfo, que o visita diariamente. “Ele está bem, na medida do possível. Necessita do tratamento, urgentemente. Cada dia que passa a situação dele se agrava. O tratamento é mesmo urgente. Ele sangrou quando entrou no sistema prisional porque havia feito a biópsia, que confirmou a gravidade da doença. O sangramento já parou”, explicou Rodolfo.

Durante a prisão, Alecrim fez coleta de sangue e foi submetido a diversos exames laboratoriais. Ele não poderá sair de casa, sem autorização da Justiça.

Ainda estão presos o ex-governador José Melo, a esposa dele, Edilene, e os ex-secretários Afonso Lobo, Pedro Elias e Evandro Melo.

Veja também

Panavueiro do cárcere. Os erros de Melo. Lista de blogs. Alecrim tem câncer e precisa de médico Panavueiro do cárcere mostra bastidores das prisões do ex-governador José Melo e ex-secretários José Melo foi preso. O penúltimo governador eleito do Amazonas está na cadeia. Foi preso na Operação Estado de Emergência. O irmão dele, Evandro Melo, já havia sido preso. Esp...
Raul Zaidan, Mouhamad Moustafa, Keytiane e José Duarte deixam presídio às 6h deste sábado (23/12)... Raul Zaida (foto) e Mouhamad Moustafa deixam a cadeia às 6h O juiz federal Wendelson Pereira Pessoa indeferiu o pedido de prisão preventiva contra Mouhamad Moustafa, Raul Zaidan, José Duarte dos Santos Filho e Keytiane Evangelista. Zaidan foi secretário estadual chefe da...
Juíza que mandou prender Melo e ex-secretários vai coordenar a propaganda eleitoral no TRE-AM Victor Liuzzi, Ana Paula Serizawa e Bartolomeu Azevedo serão os coordenadores da propaganda eleitoral nas eleições gerais de 2018. Foto: Arquivo Em portaria assinada no dia 18 de dezembro de 2017, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), desembargador Yedo S...
Desvio de dinheiro do Fundeb para Mouhamad, da Maus Caminhos, é atestado pela CGU O Instituto Novos Caminhos, que recebeu o repasse do Fundeb, era dirigido pelo médico Mouhamed Moustafa, preso na operação Maus Caminhos. Foto: Arquivo Nota técnica emitida pela Controladoria Geral da União (CGU) confirma que, entre os anos de 2014 e 2016, a gestão do ex...
Acaba o regime de plantões na Justiça Federal e juíza natural das prisões de Melo e ex-secretários é... Acaba regime de plantões na Justiça Federal. Luis Felipe substitui Ana Paula como juiz natural das operações mais rumorosas do Amazonas, até o dia 20/01 Os plantões da Justiça Federal, destinados a cobrir o recesso de fim de ano, encerraram no dia 8/01. A partir daí os c...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook