Principal líder da FDN em liberdade, “Mano Kaio” é preso pela Força Nacional e polícia no Rio de Janeiro. Ele estava negociando armas

Traficante mais procurado da Região Norte até então em liberdade, “Mano Kaio” foi preso hoje no Rio de Janeiro, na Região dos Lagos. Ele é membro da Família do Norte e acusado da morte de Frankinho 40 e dezenas de pessoas. Foto: Divulgação

Um dos traficantes mais procurados da Região Norte e principal líder em liberdade da facção criminosa Família do Norte (FDN), Kaio Wellington Cardoso dos Santos, conhecido como “Mano Kaio”, foi preso na Região dos Lagos, no Estado do Rio de Janeiro, em Rio das Ostras, nesta sexta-feira (18). Ele é apontado como responsável como suspeito de esquartejar o Frankinho da 40, outro traficante famoso do Estado, além de iniciar um briga sangrenta por poder do tráfico, que levou a dezenas de mortes no Amazonas.

O mandado de prisão dele foi enviado para a Justiça do Rio de Janeiro e ele foi preso numa operação conjunta envolvendo a Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) do Rio e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros do Amazonas (DEHS), com apoio da Força Nacional. O trabalho para prender o traficante levou dois meses. Coordenaram a ação os delegados Fabrício Oliveira, da Desarme, e Juan Carlos de Souza Valério, da DEHS.

Durante as investigações que levaram até uma pista de “Mano Kaio” no Rio, a polícia descobriu que o procurado estava negociando armas, munições e drogas com criminosos da cidade carioca, principalmente com lideranças do Jacarezinho.

Nome de peso da FDN, ao lado do narcotraficante e líder Gélson Carnaúba, o “Mano G”, que cumpre pena no presídio federal de Catanduvas (PR), Kaio é considerado um dos criminosos mais sanguinários do Norte. Fugitivo das cadeias do Amazonas e do Ceará, foi protagonista de uma violenta guerra entre facções na zona Sul de Manaus, cujo saldo é de pelo menos 60 mortes no primeiro semestre desse ano. Do Rio de Janeiro, ordenava execuções no Amazonas.

Operação

Desde a morte do policial civil Bruno Xingu, a Polícia Civil do Rio de Janeiro tem realizado operações diárias no Jacarezinho e ações para capturar lideranças do Comando Vermelho e seus aliados. A FDN é uma delas. Além de crime por tráfico e homicídios, Kaio responde ainda por roubo de cargas. Durante a ação de hoje, um homem e uma mulher, ainda não identificados, foram presos em flagrante por tráfico de drogas.

O delegado Juan Valério, da DEHS, viaja nesta madrugada de sábado (19), em diligência ao Rio de Janeiro, para conduzir “Mano Kaio” até Manaus. Conforme informações da Força Nacional, ao ser abordado o traficante contou que viajou de carro de Manaus para a Região dos Lagos, em fuga em razão da briga entre facções.

“Há cerca de dois meses identificamos que ele estava em Rio das Ostras e começamos a fazer um monitoramento em conjunto para tentar localizar e prendê-lo”, diz Fabrício.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.