Mulher é presa no aeroporto com 15 kg de maconha na mala

Pelo serviço, Márcia Gabriely receberia R$ 5 mil para levar a droga de um traficante colombiano. Foto: Divulgação PC-AM

Com 15 quilos de maconha tipo skunk escondidos na mala, a cabeleireira Márcia Gabriely de Souza Marciel, 25, foi presa, em flagrante, no aeroporto internacional Eduardo Gomes, bairro Tarumã, zona Oeste, na noite desta quinta-feira (17).

A suspeita pegaria um voo para Belém (PA) e receberia o pagamento de R$ 5 mil pelo serviço de transporte até o Delta do Parnaíba, no Piauí. A droga está avaliada em R$ 75 mil, em Manaus, podendo chegar até R$ 150 no local final de destino.

Segundo o delegado e diretor do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Paulo Mavignier, Márcia pegaria um voo até Belém, e de lá seguiria, de ônibus para São Luís, no Maranhão, onde outra mulher receberia a droga.

“Recebemos uma denúncia via WhatsApp. No aeroporto, conseguimos identificar e monitorar a chegada dela. Fizemos a abordagem ainda no saguão e a levamos para uma sala reservada, onde ela confessou o crime”, contou Mavignier.

Denarc informou que a mulher foi recrutada para fazer o transporte por uma quadrilha comandada por um colombiano, que atua na capital. Os nomes não foram divulgados para não atrapalhar as investigações.

“É uma quadrilha que faz transporte de drogas para o Nordeste, mas que não tem ligação com nenhuma facção criminosa. A mulher que receberia a droga no Maranhão também foi presa”, acrescentou o delegado.

Márcia, que não tinha passagem pela polícia, foi autuada pelo crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.