Áudios que vazaram são pequena parte da Operação Quintessência. ‘Graúdos’ podem ser presos a qualquer momento

Melo-frota

A campanha do governador José Melo teria sido beneficiada pelos crimes apurados pela PF na Operação Quintessência e um dos envolvidos é o comandante afastado da PM, coronel Marcus James Frota

O Superior Tribunal de Justiça (STJ), que julga a parte penal da Operação Quintessência, pode decretar a prisão preventiva de envolvidos a qualquer momento. A fonte do portal afirma que os primeiros movimentos nesse sentido já foram feitos e há rumores de que a execução da ordem está próxima.

Trata-se da investigação de crimes eleitorais, durante a campanha de 2014, na disputa do Governo do Amazonas entre José Melo e Eduardo Braga. A Polícia Federal reuniu provas, em escutas telefônicas e outros meios, de que coronéis da PM e empresários teriam cometido crimes para favorecer Melo.

A investigação apurou que teriam sido desviados, dos cofres públicos e até de apreensões de recursos da campanha de Braga, quando estavam sendo transportados, em torno de R$ 53 milhões para a campanha do atual governador.

A parte político-eleitoral da Quintessência está sob análise do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), mas o aspecto penal subiu para o STJ. A corte superior determinou a criação de comissão disciplinar, na esfera administrativa da PM amazonense, para julgar a conduta dos coronéis e demais oficiais da corporação envolvidos. O comandante da PM, coronel Marcus James Frota, se afastou para responder a essa comissão.

Áudios das conversas entre coronéis e empresários vazaram na imprensa, depois que o sigilo do processo foi quebrado. Uma parte do que foi apurado, no entanto, que “envolve gente ainda mais graúda, a cúpula”, segundo uma fonte do portal, não foi divulgada. É aí que estariam os elementos para determinar a prisão preventiva de “graúdos”, o que pode ocorrer a qualquer momento.

As prisões podem ter repercussão no Governo do Amazonas.

PUBLICIDADE
Veja também
5 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  1. Rosangela disse:

    Eu acho é pouco, a prisão desses corruptos ! Só deveriam sair da prisão depois de devolverem todo o dinheiro desviado dos cofres públicos !!! Mas as leis são brandas para os “ricos”… Que paguem pelos homicídios…

  2. Boneca disse:

    Espero que realmente s justiça tome uma posição . Até agora com tantas evidências , nada foi feito

  3. joão disse:

    Não deu e nunca vai dar em nada, fizeram um estardalhaço em outras operações, exemplo “Operação Agnes”, (Bombeiros), sinceramente vcs acham que agora vai dar alguma coisa, faz-me rir.

  4. Geraldo disse:

    Eu tbem axo que isso tudo jamais vai dar em alguma coisa, se fosse um pobre que tivesse com fome e roubasse uma galinha pra dar de comer os filhos esse ja tava era preso e tava era fudido esse pobre coitados mais esses fdp que tem dinheiro pra comprar qualquer um, eu pago pra ver eles na cadeia. É ruim hem eles serem presos e nem devolve os milhões que eles roubam, o povo é quem se lasca.

  5. Moraes Antonio disse:

    Acho que não da em nada já queria que eles menos devolvesse os milhões já que não vão ser preso mesmo a justiça podia obrigar eles devolverem o dinheiro do povo deixando eles bem pobres pro começarem do zero !