Terça, 24 de abril de 2018

Ministério do Turismo fiscaliza meios de hospedagem em Manaus

Ministério do Turismo Fiscaliza Hotéis em Manaus. Foto: Divulgação

Uma equipe de fiscalização do Ministério do Turismo esteve em Manaus, no período de 27 a 29 de março, para realizar a operação “Verão Legal 2018”. O objetivo foi conferir se os prestadores de serviços turísticos estão seguindo o que determina a Lei de Turismo (n. 11.771/08) e se estão devidamente registrados no Cadastur, cadastro do Ministério do Turismo.

A fiscalização, que contou com o apoio do Governo do Amazonas, por intermédio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), aconteceu em vários pontos da cidade e passou por mais de 50 estabelecimentos.

A operação “Verão Legal 2018” já esteve em 19 capitais brasileiras e a meta do Ministério do Turismo é até abril percorrer todas as capitais do país. Desde o início da operação, em setembro do ano passado, o órgão federal já contabilizou um crescimento efetivo no número de cadastros regularizados.

Cadastur

Antes do trabalho de fiscalização, na terça-feira (27), o Ministério do Turismo apresentou ao trade turístico a nova versão do Sistema Cadastrur 3.0. O cadastro é obrigatório para os meios de hospedagens, agências de turismo, parques temáticos, acampamentos turísticos, organizadoras de eventos, guias de turismo e transportadoras turísticas.

A apresentação foi conduzida pela chefe da divisão de fiscalização dos serviços turísticos do Ministério do Turismo, Larissa Peixoto, que esclareceu os benefícios e facilidades do sistema para o prestadores de serviços e para os turistas.

“O Cadastur é uma ferramenta que aproxima os prestadores de serviços turísticos do setor público. Por meio do cadastro é possível dimensionar o tamanho do setor em cada destino brasileiro podendo trabalhar de forma mais adequada e alinhada às políticas públicas de investimento no turismo na região”, declarou Larissa.

Para o presidente da Amazonastur, Orsine Junior, a participação do trade confirma a importância do sistema para o segmento. “O Cadastur é fundamental para o ordenamento do turismo, pois a ferramenta identifica as lacunas e regulariza as atividades e isso hoje é uma das prioridades para o turismo no Governo do Amazonas”, disse.

A empresária do segmento e conselheira da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav/AM), Maria Helena Fonseca, destacou que a ferramenta é excelente para o turismo. “O Cadastur tem que existir sim e para mim o que vale é essa fiscalização que será implementada, pois é um controle que se pode ter sobre todos os segmentos que atuam no mercado”, afirmou.

Veja também

Homem tem casa invadida e é assassinado a tiros no Santo Agostinho Foto: Divulgação Na noite desta segunda-feira (23), um homem identificado como Leonardo Uchôa Oliveira, de 19 anos, foi morto com pelo menos 11 tiros, na casa onde residia, na rua Projetada 4,  bairro Santo Agostinho, zona Oeste de Manaus. Segundo informações prelimin...
Confira a programação diferenciada na Semana Internacional da Dança da SEC Foto: Divulgação Na semana em que se comemora o Dia Internacional da Dança (29 de abril), diversos espaços da Secretaria de Estado de Cultura (SEC) estarão com programações especiais em alusão a data. Os teatros da Instalação e Gebes Medeiros, o Centro Estadual de Convivên...
Corpo em decomposição é encontrado em lixeira pública de Maués O corpo de um homem, em alto estágio de decomposição, foi encontrado em uma lixeira pública na tarde desta segunda-feira (23), a cerca de 6 quilômetros do centro da cidade de Maués (distante 297 quilômetros de Manaus). Conforme o delegado de Polícia Civil do município...
Jovem diagnosticado com meningite está na UTI e continua em estado grave Foto: Arquivo O adolescente de 17 anos, diagnosticado com meningite meningocócica permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto em Manaus. De acordo com informações repassadas pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam), apesar ...
Novo Aripuanã e Manicoré estão em situação de ‘Emergência’, diz Defesa Civil-AM Manicoré. Foto: Divulgação   Após uma semana de orientação e avaliação técnica dos agentes da Defesa Civil do Amazonas no município de Novo Aripuanã, localizado a 227 quilômetros de Manaus, em linha reta, na Calha do Madeira, o executivo municipal decretou “Situa...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook