Ex-secretários Evandro Melo e Pedro Elias são presos novamente

Os ex-secretários Evandro Melo (Sead), irmão do ex-governador José Melo, e Pedro Elias (Saúde) foram presos nesta sexta-feira (9), pela Polícia Federal. Eles haviam sido detidos preventivamente no dia 13 de dezembro, na Operação Custo Político.

A dupla havia sido beneficiada com a prisão domiciliar por decisão judicial dada pelo juiz plantonista durante o recesso forense.

Vara Federal

A prisão de hoje ocorreu em virtude de decisão dada pelo juízo da 4ª Vara Federal, onde tramitam os processos da Operação Maus Caminhos e suas fases, em virtude o recurso interposto pelo Ministério Público Federal (MPF) contra decisão que concedeu a prisão domiciliar.

A decisão proferida anulou a decisão que concedia a prisão domiciliar e restabeleceu a prisão na modalidade comum em cadeia pública vez que não foi identificada nenhuma hipótese prevista na lei que autorizasse a concessão do benefício aos investigados.

Sem efeito

A decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região que havia tornado sem efeito a determinação de retorno dos investigados para a prisão comum era baseada numa questão relativa ao rito processual, que foi devidamente sanada, prevalecendo a decisão do juízo que revogou a concessão de prisão domiciliar.

Os ex-secretários serão encaminhados ao presídio, onde ficarão custodiados sob a responsabilidade do sistema prisional do Estado do Amazonas

Maus Caminhos

Evandro havia deixado o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), no KM 8 da BR-174 (Manaus-Boa Vista) no dia 31 de janeiro, e Pedro Elias no dia seguinte.

Presos primeiramente na segunda fase da Operação Maus Caminhos e denunciados pela PF e MPF por organização criminosa e corrupção, os ex-secretários foram novamente detidos e levados para a sede da Polícia Federal hoje.

Da superintendência da PF, os dois serão levados para fazer exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). A dupla volta a ficar presa no Centro de Detenção.

Veja também

MPF obtém liminar que bloqueia R$ 1,6 milhão de prefeito de Lábrea. Ele pode ser condenado à prisão... Decisão pede o bloqueio de bens no valor de R$ 1,6 milhão de prefeito de Lábrea em ação de improbidade administrativa movida pelo MPF. Foto: DivulgaçãoAtendendo a pedido do Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas, a Justiça Federal concedeu liminar que bloqueia ben...
MPF recomenda anular licenças e planos de manejo sobre áreas de proteção federais e indígenas no AM... MPF recomendou ao Ipaam anular todas as licenças ambientais e autorizações para extração de maneira em unidades de conservação ou terras indígenas no Estado. Fotos: DivulgaçãoO Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (I...
Polícia Federal muda Base Anzol para porto do Voyager em Tabatinga Foto: DivulgaçãoA Superintendência da Polícia Federal no Amazonas fez remanejamento da Base Anzol, em Tabatinga (distante 1.107 quilômetros de Manaus), que agora está atracada no porto do Voyager. Vistorias noturnas Em nota, a PF explicou que a mudança de localização ...
Saiba quem é o principal empresário do World Trade Center Manaus que teve bens bloqueados Gilberto Bomeny é o principal nome envolvido no escândalo da construção do WTC em Manaus, que não teve um tijolo erguido. Foto: DivulgaçãoPela segunda vez o empresário com fama de megalomaníaco Gilberto Bomeny, 78, teve os bens bloqueados pela Justiça por não ter constr...
Bloqueados bens de empresários que receberam dinheiro e não fizeram Centro de Convenções ao lado de ... A pedido do MPF, Justiça determinou o bloqueio de cerca de R$ 156 milhões de empresa da rede hoteleira pago pela extinta Sudam para o projeto do WTC Manaus. Foto: ArquivoA pedido do Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas, a Justiça determinou o bloqueio dos bens d...

Um comentário para “Ex-secretários Evandro Melo e Pedro Elias são presos novamente

  1. Jacques disse:

    Esses facínoras roubaram o dinheiro dos nossos impostos, dinheiro público e da saúde, esses bandidos soltos irão destruir o resto das provas e esconder os milhões que estão escondidos nas casas de parentes e em contas bancárias de laranjas.

    Dizem que é tanto dinheiro que alguns deles irão morar em Miame USA, sem precisar trabalhar pro resto vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook