Governo do Estado se acerta com ortopedistas, última cooperativa de saúde a negociar salários atrasados

Reunião na qual ortopedistas decidiram aceitar proposta do Governo para pagamento de dívidas herdadas de gestão anterior. Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) fechou acordo para pagamento do passivo da dívida herdada de gestões passadas com 100% das cooperativas de saúde que prestam serviços para a rede estadual.

O Instituto de Traumato Ortopedia do Amazonas (Itoam), o único que faltava, assinou nesta quinta-feira (7) o acordo que define um calendário fixo de pagamento dos atrasados.

Dívida

“Com isso, começamos a equacionar a situação dos pagamentos dessa dívida que, apesar de não ter sido gerada nesta administração, o Governo sempre reconheceu e se dispôs a negociar desde o primeiro momento em que esta gestão assumiu, em 5 de outubro”, observa o secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato.

Deodato está no cargo há pouco mais de dois meses e vem conduzindo os acordos firmados com as empresas.

Em novembro, o governo já havia liberado R$ 54 milhões em pagamentos às cooperativas de saúde, com as quais a atual gestão encontrou uma dívida de R$ 311 milhões.

Atrasos

Algumas estavam há cinco meses sem receber. A Susam também fechou acordo com todas as empresas de atividade meio – limpeza e conservação, segurança, alimentação entre outras –, fixando, igualmente, um calendário de pagamento referente às dívidas de governos anteriores.

“Esperamos, agora, dar normalidade ao funcionamento das unidades. A partir de janeiro, vamos entrar em um novo momento, com novo orçamento e pagando os prestadores com regularidade”, disse o secretário.

No interior

No interior, o Governo também garantiu a retomada no repasse de recursos para a saúde. Alguns municípios, como Boca do Acre, não recebiam repasses estaduais para o setor há 17 meses.

Em reunião com os prefeitos, dia 29 de novembro, foi pactuado o acordo em que a Secretaria se compromete a repassar R$ 35,8 milhões a partir de janeiro e repactuar com cada um as dívidas deixadas por gestões passadas.

O acordo inclui a mudança no formato do repasse, que agora será diretamente para o Fundo Municipal de Saúde e não mais para a conta dos hospitais dos municípios.

“O que estamos fazendo é destravar esse processo e permitir que os municípios voltem a receber”, reforçou Deodato.

Veja também

Hospital e maternidade em Manacapuru será reformado e ampliado. Obra custará R$ 8,3 milhões O prefeito Beto D' Ângelo apresenta o projeto de reforma e ampliação do Hospital de Manacapuru ao secretário Francisco Deodato. Foto: Marina Souza/Susam. O secretário de Estado de Saúde, Francisco Deodato, assegurou recursos para reforma e ampliação do Hospital Regional Lá...
Governo diz, em nota, ter mantido diálogo com PM e pago promoções e benefícios à polícia O Governo do Amazonas tem mantido o diálogo com os servidores da segurança pública e, com responsabilidade e planejamento, tem promovido melhorias, inclusive restabelecendo direitos das categorias que deixaram de ser honrados por governos anteriores.Entre as melhorias, o...
Convocados em concurso da Susam são chamados para realização de exames e entrega de documentos As Fundações de Vigilância em Saúde (FVS) e de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (FHemoam) já estão recebendo parte da documentação dos aprovados convocados, desde o dia 15 de fevereiro e prosseguem até 31 de março. As Fundações de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira D...
Após casos em Roraima, Susam reforça ações de prevenção ao sarampo No início desta semana, o Programa Nacional de Imunização (PNI) enviou ao PNI Estadual 50 mil doses extras da vacina. Foto: reprodução InternetTendo em vista a confirmação de casos “importados”, em Boa Vista (RR), distante 708 quilômetros de Manaus, a Secretaria de Esta...
Quedas já representam 56% dos atendimentos do período carnavalesco Na Segunda-Feira de Carnaval, os traumas consequentes de quedas continuaram liderando as ocorrências nos prontos-socorros, chegando a 155 casos. Na sexta, sábado e domingo, somaram mais 450 casos desses acidentes. Foto: DivulgaçãoEm quatro dias de Carnaval (de sexta-fei...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook