Audiências por videoconferência nas cadeias devem iniciar este mês, pelo Compaj

Videoconferência já é realizada entre presídios federais. Agora TJAM e forças de segurança vão implantar sistema para realizar audiências nas Varas Criminais e cadeias de Manaus. Foto: Raphael Alves/ TJAM

O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Flávio Pascarelli, esteve reunido com a cúpula da segurança pública do Estado para discutir, entre outros assuntos, a implementação das audiências com réus presos por meio de vídeoconferências. A medida já tem sido adotada pelas Varas Criminais do Amazonas com presídios federais.

O encontro reuniu o vice-governador e secretário de Segurança Pública do Estado, Bosco Saraiva; o delegado-geral da Polícia Civil, Mariolino Brito; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel PM David Brandão; o secretário executivo de Administração Penitenciária (Seap), tenente coronel PM Silvio Mouzinho; o secretário executivo-adjunto, major PM Klinger Paiva; defensor público-geral do Amazonas, Rafael Barbosa; e o procurador-geral de Justiça, Fábio Monteiro.

Escolta

Uma das vantagens da utilização da videoconferência na realização de audiências e julgamentos é que o efetivo de policiais militares, mobilizado hoje para a escolta desses réus – durante o deslocamento entre o presídio e a Vara Criminal onde será interrogado -, poderá voltar às ruas e realizar o patrulhamento.

Mas a videoconferência traz também outros benefícios como a otimização do aproveitamento das viaturas – usadas no deslocamento dos presos -, além de garantir maior segurança às testemunhas, vítimas, juízes, promotores, defensores e aos próprios réus, além de prevenir eventuais fugas.

Pascarelli ressaltou que a sua gestão vem trabalhando há meses a fim de que esse projeto seja concretizado e, no âmbito do Tribunal de Justiça do Amazonas, já está tudo pronto para que as videoconferências sejam iniciadas com os presídios de Manaus.

Tecnologia

“Temos a tecnologia à disposição que nos oferece uma possibilidade de reduzir custos, aumentar a segurança aos nossos jurisdicionados e operadores do Direito, e ainda melhorar a celeridade processual, além de trazer efeitos positivos para a população, no que tange à questão da segurança pública”, ressaltou o presidente do TJAM.

Pascarelli afirmou ainda que o tribunal irá ceder os equipamentos necessários, a serem instalados nas unidades prisionais de Manaus, para a realização das videoconferências. A adequação dos espaços para esse tipo de audiência nas unidades prisionais ficou sob responsabilidade do Estado.

Os sistemas de gestão processual da capital já passaram por todos os testes e estão prontos para serem operacionalizados junto aos presídios de Manaus, conforme a Divisão de Tecnologia da Informação e Comunicação do TJAM.

De outros estados

Em abril deste ano, a Corte amazonense realizou a primeira audiência de instrução e julgamento utilizando a videoconferência a fim de interrogar um réu preso em outro Estado.

As juízas, o promotor de Justiça e os advogados envolvidos no processo, interrogaram o acusado que estava a mais de 2 mil quilômetros de Manaus – no presídio federal de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Essa prática vem sendo constantemente adotada pelas unidades judiciais do TJAM para interrogar réus que estão em outras regiões, em presídios federais, faltando apenas a conexão com as penitenciárias locais.

“Entendo que esse é o caminho do futuro e que, cada vez mais, a tecnologia da informação estará facilitando a atividade judicial, pois já se configura em um importante instrumento de trabalho no dia a dia do Poder Judiciário”, comentou o presidente do TJAM, desembargador Flávio Pascarelli.

A previsão é que as audiências por meio de videoconferência já possam ser iniciadas ainda este mês, começando pelo Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), localizado na BR-174 (Manaus-Boa Vista).

Veja também

Princípio de rebelião tem um agente feito refém no presídio onde José Melo está preso Um princípio de rebelião movimentou o sistema de segurança neste início de tarde de domingo (25) no Centro de Detenção Provisória Masculino II (CDPM II), onde um agente penitenciário foi feito refém por cerca de 30 presos num dos pavilhões da unidade prisional.A Secretar...
Traficante e soldados são presos em salão de beleza usado como ponto de venda de drogas no Mutirão... Denúncia anônima chegou pelo 181, da SSP-AM, e policiais da Seaop fizeram revista no local. Grupo não oferecer resistência. Fotos: DivulgaçãoCinco pessoas foram presas com armas e drogas num salão de beleza na rua Itaipi, antiga rua Nova, no bairro Mutirão, neste sábado...
Nova chacina na disputa FDN-PCC evitada com apreensão de fuzil e metralhadora. Aliados de João Branc... Grupo liderado por "Obama" foi preso ontem, quando se preparava, fortemente armado, para tomar boca de fumo em área do PCC. Polícia confia ter evitado uma chacina na zona Norte. Fotos: Divulgação PC-AMMenos de 24 horas depois da prisão de um dos líderes da facção crimin...
TJAM e SSP firmam acordo para garantir emissão de RG e CPF a crianças e adolescentes em acolhimento... Presidente do TJAM e o secretário Bosco Saraiva assinaram acordo de cooperação técnica para garantir emissão de RG e CPF para crianças e adolescentes em situação de acolhimento e para menores infratores. Foto: Raphael Alves/ TJAMO presidente do Tribunal de Justiça do Am...
Governo anuncia pagamento de promoção para 1.180 PMs na folha de março Anúncio do pagamento de promoção para cerca de 1.180 PMs a partir da folha de março foi feito pelo vice-governador Bosco Sraiva. Foto: Bruno Zanardo/ SecomO governador Amazonino Mendes autorizou nesta sexta-feira (23) o pagamento das promoções de cerca de 1.180 policiai...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook