Quinta-feira, 26 de abril de 2018

Dilma cria três reservas ambientais no AM antes da saída. Uma Biológica, onde ‘não se pode nem respirar’

pirarucu-chicobatata

Atividades como o manejo do pirarucu, realizado na Reserva de Desenvolvimento do Mamirauá pelos próprios moradores tradicionais, não é possível em Reservas Biológicas. Foto: Arquivo/ Chico Batata

A presidente Dilma Rousseff, que acaba de deixar a Presidência da República, inicialmente por 180 dias, criou a Reserva Biológica de Manicoré, que chega a abranger também parte do Município de Novo Aripuanã. Trata-se de uma área de conflito, onde o federal Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) defendia a criação de uma reserva com 4 milhões de hectares (ha). O decreto presidencial, publicado sem número no Diário Oficial da União (DOU), edição especial de ontem (11/05), nas páginas oito e nove, estabelece área de 359.063 hectares (3,59 bilhões de metros quadrados) na reserva.

antoniostroski

O secretário estadual do Meio Ambiente, Antônio Ademir Stroski, afirma que o Amazonas não tomou conhecimento prévio do desenho final das reservas

 

 

“Não se pode nem respirar dentro de uma Reserva Biológica”, disse um técnico ouvido pelo portal. “O Estado não tomou conhecimento do desenho final dessa reserva. Defendemos sempre Reservas de Desenvolvimento Sustentável, nas quais é possível realizar atividades com os moradores tradicionais, como é feito na preservação do pirarucu em Mamirauá”, disse ao portal o secretário estadual de Meio Ambiente, Antônio Ademir Stroski. Ele está em Brasília, participando de um encontro sobre concessão de florestas, mas já pediu aos técnicos que façam um estudo mais detalhado das implicações dos decretos. Do jeito como foi criada, a reserva exige a retirada de todos os moradores.

A Reserva Biológica de Manicoré atinge em cheio a região onde estão instalados os produtores da Vila de Santo Antônio do Matupi, que fica na rodovia BR-230 (Transamazônica), em Manicoré, a 180km de Humaitá e a 200km de Apuí. É uma das regiões de conflito da expansão agrária no Amazonas. Os ambientalistas lutam para evitar que produtores de soja, vindos do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, estabeleçam ali uma zona de expansão, penetrando no bioma da Floresta Amazônica.

Dilma criou também a Área de Proteção Ambiental (APA) dos Campos de Manicoré, com 151.993ha (1,51 bilhão de M2), também na zona produtora do Sul do Amazonas. E ampliou a Floresta Nacional Amana, em Maués, com 141.337ha (1,41 bilhão de M2).

“Uma área como essa, depois de publicado o decreto de criação, só podem ser revogada por lei, isto é, depois de a revogação ser apreciada pelo Congresso Nacional”, lamenta Stroski. Os técnicos da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) estão debruçados sobre as coordenadas reveladas nos decretos, assinados no apagar das luzes do atual período Dilma, para entender as implicações dos mesmos.

Veja abaixo as cópias das páginas dos decretos:manicore-campos1manicore-amana2

Clique aqui para ler em PDF a página 8 do DOU de 11/05/2016

Clique aqui para em PDF a página 9 do DOU de 11/05/2016

Veja também

Segundo corpo é achado no Brasileirinho em dia sinistro Foto: Divulgação Em avançado estado de decomposição e com sinais de tortura, um segundo corpo foi encontrado no ramal do Brasileirinho, no Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus. O corpo era de um homem e estava em uma área mata de difícil acesso. Segundo policiais mili...
Dupla de assaltantes se passa por clientes em loja e mantêm família refém, no Alvorada Foto: Reprodução Dois homens armados se passaram por clientes de uma loja de móveis e fizeram uma família refém nesta quinta-feira (26), em uma casa na antiga rua 3, bairro Alvorada, zona Oeste de Manaus. A dupla roubou um carro modelo Sandero vermelho, além de jóias da ...
EXCLUSIVO Promotor fala da investigação de Waldívia, que criou rede entre Amazonas e Santa Catarina... EXCLUSIVO Promotor fala da investigação de Waldívia Alencar, ex-secretária estadual de Infraestrutura, que ficou presa por cinco dias O promotor Igor Starling Peixoto, que preside o inquérito da Operação Concreto Armado, está debruçado sobre uma sala de documentos. É o m...
Parque da Criança tem programação voltada à leitura neste fim de semana Foto: Divulgação Uma programação voltada a estimular o interesse das crianças pela leitura e aprimorar as habilidades críticas dos pequenos leitores, fará parte da programação deste fim de semana, sábado (28), e domingo (29), do ParqueCidade da Criança, Aleixo, zona Centro...
Troca-troca no Governo: além da Casa Civil, CGE-AM, Sejusc e Ipem-AM têm novos titulares Diretor-presidente do Ipem-AM, Márcio Brito, deixa o cargo. Foto: Arquivo O governador Amazonino Mendes trocou os titulares da Casa Civil, Controladoria Geral do Estado do Amazonas (CGE-AM), Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM) e Secretaria de Estado de Jus...

3 comentários para “Dilma cria três reservas ambientais no AM antes da saída. Uma Biológica, onde ‘não se pode nem respirar’

  1. Túlio Marcondes Pires disse:

    Parabéns a Dilma pelo menos fez alguma coisa certa nessa vez! Dilma cometeu erros inclusive liberou Belo Monte e outros projetos que ambientalmente são um desastre no entanto agiu muito corretamente aí criar essas reservas de uso Restrito , agora lógico que madeireiros e ruralistas irAo criticar pois eles sobrevivem na Devastacso e saques a floresta Amazônica , Soja ??! Isso é só uma das desculpas para grilagem de terras indígenas e retirada de madeiras ilegal , não tão nem aí pro b do País e mto menos para o Social oque importa pra esses parasitas e lucro dinheiro e poder ! Oque já estão manipulando agora com o Temer na Presidência , não era de se estranhar porém, o Povo deve exigir que a Polícia Federal , a Forca Nacional e o Ibama. Fiquem a postos para expulsar
    esse tipo de ladroes das terras pertencentes a todos Os Brasileiros e as gerações futuras e não apenas a
    alguns pilantras !!

  2. Leoncio Franco disse:

    Dane-se quem for contra , Não tem que expandir soja no Amazonas , entende ? Governador de Estado é igual roupa velha agente troca , é Decreto Presidencual não pode ser alterado nem sequer por outro presidente , muito menos por um Vice q na época era vice e concordou com o Decreto tbem , oque agora vai lotear as Terras da União ?! Acorda aii Brasil ! Pelo menos nisso a Dilma agiu correto … e mudar Decreto é Inconstitucional uma vez já feito todo processo .

  3. ALVINO PINHEIRO disse:

    É AS ONGS INTERNACIONAIS E NACIONAIS INDIOS E OS ECO TERRORISTAS INVIABILIZANDO O BRASIL TAL QUAL FIZERAM NA AFRICA QUE SÓ EM PARQUES E RESERVAS E, OS AFRICANOS MORRENDO DE FOME POR FALTA DE ALIMENTOS..E A BICHARADA PROLIFERANDO DESCONTROLADAMENTE….O BRASIL PRECISA MOSTRAR SUA SOBERANIA E NÃO SE CURVAR PRA ONGS INTERNACIONAIS E PRO ECO-CHATOS QUE MANDAM E DESMANDAM NA AMAZOZINA.. TRAVANDO O PROGRESSO DE NOSSA PATRIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook