PT Amazonas confirma 15 pré-candidaturas e não disputa o governo estadual

PT Amazonas confirma 15 pré-candidaturas e não disputa o governo estadual

O PT Amazonas realizou o Encontro Estadual de Tática Eleitoral, que confirmou 15 pré-candidaturas. Foto: Divulgação

Dirigentes e membros do Partido dos Trabalhadores do Amazonas (PT-AM) realizaram, neste sábado (2), o Encontro Estadual de Tática Eleitoral 2022, no Sindicato das Indústrias Metalúrgicas de Manaus. Durante o evento, 15 pré-candidaturas foram aprovadas, sendo 9 para deputados estaduais, 5 federais e uma suplência ao senado.

Os pré-candidatos a deputados estaduais são Sinésio Campos, Antônio Peixoto, Cristiane Sales, Francisco Praciano, Francy Junior, Waldemir Santana, Jéssica Batista, João Tayah e João Souza (Bolinho).

Com relação aos pré-candidatos federais, foram homologadas Anny Moura, Sassá da Construção Civil, Edjane Rodrigues, José Ricardo e Luiz Borges, bem como a indicação de Cheila Moreira para suplência do senador Omar Aziz (PSD).

O presidente do PT-AM e da Federação Brasil da Esperança (PT, PV e PCdoB), deputado estadual Sinésio Campos, convidou os membros do partido para participarem, ativamente, desse momento decisivo, próximo às eleições.

“Cada pré-candidato e pré-candidata tem uma missão revolucionária, posto que precisamos defender essa chapa liderada pelo presidente Lula. Temos visto que o atual governo ataca, constantemente, a Zona Franca de Manaus, os povos originários da Amazônia e a nossa floresta. Queremos avançar e, por isso, temos que continuar lutando”.

Os 141 delegados presentes no encontro, também, aprovaram resolução de tática política e eleitoral, contendo os pontos:

  1. O PT Amazonas não terá candidato próprio ao governo do Estado, para este ano;
  2. O PT Amazonas também não terá candidato próprio ao Senado, em 2022;
  3. Apoiará a candidatura de reeleição do Senador Omar Aziz, para estas eleições;
  4. Indicação da vereadora Cheila Moreira para a suplência do senador Omar Aziz, em 2022;
  5. As candidaturas proporcionais a deputado estadual e federal para estas eleições;
  6. Indicação de um vice-governador (a), conforme sugestão da direção nacional do PT;
  7. Palanque para Lula da Silva, de acordo com a resolução nacional.

Durante o encontro, também, foram aprovadas 3 moções: a primeira em solidariedade aos companheiros e companheiras que faleceram de Covid-19, a segunda em homenagem à memória de Irmã Helena, freira dedicada aos movimentos sociais e de moradia às pessoas pobres de Manaus e a terceira em repúdio aos assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, na zona rural da Amazônia.

Todas as decisões políticas aprovadas no encontro serão encaminhadas à Federação Brasil da Esperança – Fé Brasil (PT, PV e PCdoB), bem como para a direção nacional do PT.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.