Principal suspeito de envolvimento no latrocínio de idoso em sítio na BR-174 se entrega à polícia

Romário Luís Fernandes da Silva alega que se entregou à polícia porque sua família foi ameaçada. Foto: Divulgação

Romário Luís Fernandes da Silva, 28, foi preso na manhã deste sábado (2) pelo envolvimento no latrocínio de Ivan Batista Maciel, 69, ocorrido no último domingo (26), no sítio onde a vítima residia, no ramal Hollywood, Km 28 da BR-174.

O suspeito foi até a sede de uma emissora de televisão de Manaus. Ele confessou a participação no crime e pediu para que uma equipe da Polícia Civil fosse até o local para prendê-lo.

Romário alega que se entregou à polícia porque sua família foi ameaçada. Ele foi levado pela Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD) e ficará à disposição da justiça.

O suspeito trabalhou para a vítima por pouco tempo e a motivação do crime se deu pelo fato de ter sido demitido.

Ivan foi encontrado por um funcionário dentro do banheiro de sua residência com as mãos e pés amarrados. Ele foi torturado e morto com dois golpes de facão no peito. Grande parte dos objetos roubados pelos criminosos já foi recuperada.

Outros dois suspeitos de participar do crime já haviam sido presos; um deles era um menor de 16 anos. Outro homem foi detido por ter comprado os objetos roubados da casa da vítima.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.