Mais desmonte no boi: diretor administrativo do Garantido e segundo diretor financeiro renunciam cargos

Mais desmonte no boi: diretor administrativo do Garantido e segundo diretor financeiro renunciam cargos

Com a crise instalada no boi Garantido após a saída dos levantadores de toadas David Assayag, Edilson Santana, Sebastião Júnior e membros da Direção Geral de Espetáculo (DGE), agora foi a vez do primeiro diretor administrativo do bumbá, Adrianilson De Góes, e do segundo diretor financeiro, Wagner Góes, entregarem a carta de renúncia dos respectivos cargos.

Ambos não concordam com a situação traumática que a Associação Folclórica Boi Bumbá Garantido vem passando nos últimos dias e alegam a necessidade de mudanças administrativas urgentes no boi da Baixa do São José.

Na manhã de hoje (28), o documento de renúncia assinado pelos dois foi protocolado no setor pessoal da diretoria administrativa do Garantido.

Adrianilson Góes já ocupou os cargos de diretor financeiro e vice-presidente na gestão do ex-presidente Vicente Matos.

Por Peta Cid

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.