Caseiro é preso acusado de matar patrão a tiros durante pescaria na BR-174

Foto: Divulgação

Policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) prenderam, neste domingo (26), Ednaldo Oliveira de Freitas, 45, pelo homicídio de Antônio Francisco Lopes de Souza, 53. O crime ocorreu no dia 21 de abril deste ano no KM 23 da BR 174.

Ednaldo trabalhava como caseiro e cuidava de um pequeno sítio de propriedade da vítima.

Antônio Francisco estaria pescando em um rio da região quando foi assassinado pelo caseiro com um tiro de espingarda na nuca e teve seu corpo jogado na água. Em depoimento, o suspeito alega que a motivação seria os 8 meses de salário mínimo atrasados devidos pelo patrão.

Segundo o delegado Ricardo Cunha, titular da DEHS, o acusado, junto da irmã, se apresentou no dia seguinte no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP) confessando ter matado a vítima e jogado seu corpo no rio. Contudo, a autoridade policial que presidia o plantão teria entendido que ele estava fora do flagrante e o liberou.

O corpo foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros preso a uma árvore no rio. Enquanto as buscas aconteciam, o acusado fugiu e o inquérito passou para a delegacia de homicídios.

Ednaldo se apresentou sozinho a DEHS no domingo dizendo estar arrependido e querendo pagar pelos seus atos. Ele será acusado de homicídio e ficará à disposição da justiça.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.