Operação Esparta: Dez pessoas são presas suspeitas do ataque a viatura em frente ao Fórum Henoch Reis

Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio de Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), deflagrou na manhã desta segunda-feira (20), a “Operação Esparta” e prendeu dez pessoas pelo envolvimento no ataque a viatura de polícia ocorrida em 6 de janeiro deste ano, em frente ao Fórum Henoch Reis.

Segundo a delegada Deborah Barreiros, a polícia conseguiu chegar aos suspeitos a partir de um celular que foi encontrado em um dos carros usados no crime e que fora abandonado logo depois.

De acordo com o delegado Ricardo Cunha, a motivação se trata da famosa guerra entre as facções. A retaliação teria se dado em ração do ataque contra Joel Articlinio, vulgo “Dadinho”, planejado no dia anterior ao crime.

No dia do ocorrido, uma viatura da polícia civil levava os presos Matheus Danilo Barros Dias, 24, Patrick Reis De Sena, 28 e Antonio Marlon Silva dos Santos, 46, que iriam para uma audiência de custódia no fórum quando o veículo foi fuzilado por atiradores.

Antônio Marlon e Matheus Danilo morreram. A investigadora Priscila Silva de Souza também foi atingida por um tiro de raspão. Patrick Reis, após se recuperar, voltou para a prisão

Outros oito suspeitos ainda estão foragidos. O grupo irá responder por homicídio qualificado e organização criminosa.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.