Coletores de garrafas PET começam a ser instalados em Manaus pela Semulsp

O titular da Semulsp, Altervi Moreira, entregou o coletor de garrafas PET no trevo da Compensa, na avenida Brasil. Foto: Divulgação/Marinho Ramos/Semcom

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), iniciou, neste mês, mais um projeto de sustentabilidade voltado para a coleta seletiva. Nesta quinta-feira, 2/6, durante a Semana do Meio Ambiente, o secretário da Semulsp, Altervi Moreira, entregou o coletor de garrafas PET no trevo da Compensa, na avenida Brasil, zona Oeste da cidade. A meta é instalar coletores em diversos pontos de Manaus.

Para facilitar a identificação visual por parte da população, os coletores terão formato de pirâmide, sendo toda gradeada com as cores do mosaico da prefeitura. A ação tem o objetivo de fortalecer a cultura de reciclagem e diminuir o fluxo de garrafas direcionadas para rios, igarapés e aterro sanitário.

“Estamos entregando o primeiro coletor de garrafas PET, no trevo próximo à feira, em frente à sede da Semulsp. Esta é a primeira entrega de muitas que vamos fazer. A ideia é impedir que garrafas parem no meio do rio, queremos evitar que caiam nos nossos rios e igarapés. A população está convidada a trazer sua garrafa PET”, declarou o secretário da Semulsp, Altervi Moreira.

Como vai funcionar?

Os pontos de coleta receberão garrafas PET de qualquer tipo de bebida, tamanho e marca. O recolhimento do material será feito uma vez por semana nos locais.

Em Manaus, a coleta será realizada por meio do caminhão da Semulsp e direcionadas para cooperativas e associações que reciclam o material.

PEVs

O serviço de coleta seletiva, coordenado pela Semulsp, ocorre todos os dias. A população pode separar os próprios resíduos recicláveis e levar até um dos 25 pontos de entrega voluntária (PEVs) mantidos pela Prefeitura de Manaus em parceria com associações e grupos de catadores, que estão espalhados em 25 pontos da cidade.

O serviço consiste em incentivar a população a separar o lixo doméstico, entregando para a reciclagem os materiais que podem ser reaproveitados, como garrafas PET, embalagens de tetra pack, plásticos, latinhas, papel e papelão, entre outros produtos.

Como serviço complementar à coleta seletiva, a Semulsp também realiza ações de conscientização porta a porta, todos os dias, no sentido de estimular a população a aderir a esse hábito e ensinar como fazer a separação e disponibilizar os produtos de forma correta. Atuando de forma similar, está o grupo Garis da Alegria, que atua na sensibilização da população.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.