PMs acusados de extorquir empresários são identificados

PMs acusados de extorquir empresários são identificados

A Operação “Pundonor”, deflagrada segunda-feira (30) pelo Ministério Público do Amazonas (MPAM) e Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), resultou na prisão de seis policiais militares do Estado.

Eles foram identificados como 1° Tenente Lourenço da Silva Souza; cabos Davi Sales Moreira; Jesse Souza Vieira; Sebastião Vieira Silva; e C. Henrique. Todos são acusados de extorsão. O sargento Evandro Ribeiro foi preso por obstrução da justiça.

O coordenador do Gaeco e promotor de justiça Igor Starling Peixoto alega que não descarta a possibilidade de mais pessoas estarem envolvidas no caso.

Segundo informações do MPAM, o grupo acusado abordava pessoas e “plantava” ou descobria alguma irregularidade sobre elas para posteriormente entrar em ação. Baseados nisso, eles as ameaçavam, torturavam e agrediam para extorqui-las e não revelar essas irregularidades.

As investigações seguem em andamento.

PUBLICIDADE
Tags: extorsão, Gaeco, MPAM
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.