PRF diz que usou técnicas de ‘menor potencial’, mas homem morreu após ser colocado em porta-malas de viatura

PRF diz que usou técnicas de ‘menor potencial’, mas homem morreu após ser colocado em porta-malas de viatura

A Polícia Rodoviária Federal disse que empregou, sem especificar quais, “técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo” para conter o homem que foi levado no porta-malas de uma viatura após ter sido abordado na BR-101, em Umbaúba (SE). Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, morreu.

De acordo com a nota oficial distribuída pela corporação, o homem resistiu à abordagem e foi agressivo. O caso aconteceu na tarde desta quarta-feira (25).

Genivaldo estava em uma moto quando foi abordado por três policiais. Vídeo do momento da abordagem mostra ele sendo revistado, com as mãos para cima, e, em seguida, sendo imobilizado no chão. O homem acabou sendo colocado na viatura, de onde podia ser vista fumaça saindo de dentro. As pernas dele ficaram para fora do porta-malas.

Segundo a nota da PRF, o homem passou mal durante o deslocamento e foi levado para o Hospital José Nailson Moura. A morte foi confirmada pela gerente do hospital, Cecília Bruneli.

A família diz que ele chegou sem vida ao hospital, que afirma ter tentado manobras para reanimá-lo.

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe apontou que a causa da morte foi asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda. O resultado da análise foi confirmado pela Secretaria de Segurança Pública na manhã desta quinta-feira (26).

Agentes

A identidade dos agentes não foi divulgada. A equipe da PRF disse que registrou a ocorrência na Polícia Judiciária, que irá apurar o caso. A PRF também lamentou o ocorrido.

Um sobrinho da vítima, Wallyson de Jesus, disse que tio foi abordado pelos agentes quando pilotava uma motocicleta.

“Eu estava próximo e vi tudo. Informei aos agentes que o meu tio tinha transtorno mental. Eles pediram para que ele levantasse as mãos e encontraram no bolso dele cartelas de medicamentos. Meu tio ficou nervoso e perguntou o que tinha feito. Eu pedi que ele se acalmasse e que me ouvisse.”

Segundo Wallyson, mesmo diante da tentativa de diálogo, os policiais fizeram o uso de spray de pimenta e o colocaram dentro do porta-malas da viatura. “Eles jogaram um tipo de gás dentro da mala, foram para delegacia, mas meu tio estava desacordado. Diante disso, os policiais levaram ele para o hospital, mas já era tarde.”

A mulher de Genivaldo disse que houve um crime em que “agiram com crueldade para matar”.

“Eu não chamo nem de fatalidade. Isso aí foi um crime mesmo, eles agiram com crueldade pra matar mesmo ele”, afirmou a viúva, Maria Fabiana dos Santos.

Segundo familiares, a vítima tinha esquizofrenia e tomava remédios controlados havia cerca de 20 anos.

Nota da PRF

Na data de hoje, 25 de maio de 2022, durante ação policial na BR-101, em Umbaúba-SE, um homem de 38 anos, resistiu ativamente a uma abordagem de uma equipe PRF. Em razão da sua agressividade, foram empregados técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo para sua contenção e o indivíduo foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil em Umbaúba.
Durante o deslocamento, o abordado veio a passar mal e socorrido de imediato ao Hospital José Nailson Moura, onde posteriormente foi atendido e constatado o óbito.
A equipe registrou a ocorrência na Polícia Judiciária, que irá apurar o caso. A Polícia Rodoviária Federal em Sergipe lamenta o ocorrido e informa que foi aberto procedimento disciplinar para averiguar a conduta dos policiais envolvidos.

PUBLICIDADE
Tags: PRF
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.