Governador anuncia, em Maués, mais de R$ 22 milhões em obras de infraestrutura e ampliação do ProsaiMaués

Para a reforma do Aeroporto Bento Ribeiro Dantas serão investidos R$ 8,6 milhões. Foto: Divulgação/Lucas Silva/Secom

O governador do Amazonas, Wilson Lima, esteve nesta segunda-feira (23/5) no município de Maués, a 276 quilômetros de Manaus, onde anunciou investimentos em três obras de infraestrutura na cidade. Ao todo, mais de R$ 22 milhões serão destinados à reforma do Aeroporto Bento Ribeiro Dantas e à construção de loteamentos e de um terminal flutuante. Além disso, o governo já iniciou as obras de ampliação do Programa de Saneamento Integrado de Maués (ProsaiMaués).

Durante a viagem, Wilson Lima também acompanhou ações de cidadania e saúde do programa Governo Presente, e inaugurou mais uma unidade do Prato Cheio, programa que garante segurança alimentar a pessoas em situação de vulnerabilidade.

As obras do investimento anunciado, no total de R$ 22.363.782,78, serão executadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra).

“Eu quero destacar a conclusão da rede de abastecimento de água do município, que vai ter cobertura de 100%, e o loteamento da Estrada do Guaranatuba, para a entrega de 400 lotes em uma área que será urbanizada. Vai ter saneamento, vai ter iluminação pública, esgotamento sanitário, e isso significa respeito e dignidade para as pessoas, para resolver um problema histórico, não só de Maués, mas do Estado”, ressaltou Wilson Lima.

Para a reforma do Aeroporto Regional da cidade, serão investidos R$ 8,6 milhões em serviços que contemplam a pavimentação nova da pista de pouso e decolagem, de táxi, e o pátio de estacionamento de aeronaves, além de adequação, limpeza e compactação da faixa de pista preparada, construção de cerca operacional e pintura de sinalização horizontal. A previsão de início das obras é para agosto deste ano.

Foto: Divulgação/Lucas Silva/Secom

Em Maués, o governador Wilson Lima visitou, acompanhado do prefeito da cidade, Júnior Leite, o local que servirá para a construção de 400 unidades de loteamentos. A obra terá investimento de R$ 12,4 milhões, com previsão de início para os próximos dias.

Na zona rural da cidade, a construção de um terminal fluvial promete trazer melhorias para a Comunidade Bom Jesus do Canela, na zona rural do município. O investimento da obra ultrapassa o valor de R$ 1,3 milhão, e a previsão de início é para julho de 2022.

ProsaiMaués

O Governo do Estado, por meio da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) avança com as obras complementares do Programa de Saneamento Integrado de Maués (ProsaiMaués). As novas intervenções vão ampliar a capacidade de armazenamento e fornecimento de água, que já havia aumentado de 227m³ para 1.700m³, com a conclusão do ProsaiMaués, inaugurado pelo governador Wilson Lima em 2019.

O Prosai é o primeiro programa de saneamento e de recuperação de igarapés e de lagoas no interior do Amazonas, em municípios com menos de 100 mil habitantes.

“Com a entrega que a gente fez em 2019, a qualidade de vida aumentou e muito, e fez com que Maués fosse a primeira cidade com a maior cobertura de esgoto do interior da Amazônia. E agora a gente vai trabalhar em parceria com a Prefeitura para chegar a 100%. Vai ser, talvez, a primeira cidade do Brasil com 100% de tratamento de esgoto. Todas as vezes que a gente investe em saneamento básico a gente economiza na saúde, e é por isso que a qualidade de vida aqui em Maués é uma das maiores do Brasil”, ressaltou o governador.

Ao todo, estão sendo construídos mais quatro poços artesianos de 60 metros de profundidade, nos bairros Santa Luzia, Ramalho Júnior, Maresia e Donga Michiles, e um reservatório de água com capacidade para 150 mil litros, além da instalação de 2,8 quilômetros de rede de distribuição de água. Os investimentos são de R$ 2,1 milhões e vão beneficiar quase 33 mil pessoas.

O ProsaiMaués representa a maior intervenção urbanística, socioambiental e de saneamento básico já realizada no interior do estado. Além das intervenções para aumentar o abastecimento de água, foram feitos investimentos em rede de coleta e tratamento de esgoto.

Maués recebeu uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE); 18 quilômetros de rede de coleta foram implantados, e outros 13 quilômetros já existentes foram recuperados. Com isso, a cidade saiu de zero para mais de 50% de cobertura de esgoto, a maior cobertura entre os municípios amazonenses.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.