Em Tonantins, homem é preso por estuprar jovem de 12 anos com permissão da mãe dela

A mãe da vítima responderá por estupro de vulnerável por omissão. Foto: Arquivo

José Fernandes Oliveira Neto, 20, foi preso pelo crime de estupro de vulnerável, cometido contra uma adolescente de 12 anos, em Tonantins (a 865 quilômetros de Manaus). A prisão foi efetuada ontem (20), no bairro Santo Antônio, naquele município, pela 54ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Tonantins. A mãe da vítima responderá por estupro de vulnerável por omissão.

De acordo com o investigador Raimundo Menezes, gestor da unidade policial, no dia 13 de dezembro de 2021, foi realizada uma denúncia pelo pai da vítima, que relatou a criação problemática da criança. O jovem era investigado desde então.

“Recebemos a denúncia informando sobre o relacionamento afetivo e sexual do jovem de 20 anos com a adolescente, há aproximadamente três meses, com a permissão da mãe para a relação. Após a comunicação desse fato, requisitamos o exame de conjunção carnal da vítima, assim como uma audiência com os pais e ela, uma vez que a própria genitora estava impedindo a filha de passar pelos exames solicitados”, relatou o investigador.

Segundo a autoridade policial, José confessou que mantém relações sexuais com a vítima desde novembro de 2021, quando ela tinha 11 anos, com anuência da mãe da mesma. O exame pericial foi realizado e confirmou a denúncia.

“Diante do exposto, em virtude dos elementos de informação produzidos no procedimento investigativo e também para promover um estado de justiça e de dignidade sexual humana na sociedade tonantinense, representamos pela prisão preventiva de José”, ressaltou Menezes.

O mandado foi expedido na quinta-feira (19/5), pela Vara da Comarca de Santo Antônio do Içá (município a 880 quilômetros de Manaus) e assinado pelo Juiz de Direito Francisco Possidônio da Conceição.

A mãe da vítima perdeu a guarda da criança e responderá a processo por estupro de vulnerável por omissão.

Conforme o gestor da unidade policial, José responderá por estupro de vulnerável e ficará à disposição da Justiça.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.