Artesãos do Amazonas participam do 15° Salão do Artesanato, em Brasília

No estande do Amazonas, o público poderá conferir produtos como cestarias, ecojoias, biojoias, esculturas e outros itens. Foto: Divulgação/Setemp

Seis artesãos do Amazonas estão em Brasília (DF), representando o Estado no 15° Salão do Artesanato – Raízes Brasileiras. O grupo recebe apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo (Setemp), órgão da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti).

O evento, realizado com o apoio do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), teve início nesta quarta-feira (4/5) e segue até domingo (8/5) na capital federal, na Arena do Shopping Pátio Brasil, das 10h às 22h.

No estande do Amazonas no Salão, o público poderá conferir produtos como cestarias, ecojoias, biojoias, esculturas, dentre outros itens. No local, os artesãos contam com um espaço destinado para mostrar suas peças, sendo uma oportunidade para comercialização de seus produtos.

De acordo com a Chefe do Departamento de Artesanato, Cláudia Monteiro, o 15º Salão do Artesanato representa uma reabertura da economia. Esse é o primeiro evento pós-pandemia, e a expectativa é de que os artesãos tenham boas vendas.

Foto: Divulgação/Setemp

O secretário executivo da Setemp, André Mota, que está presente no evento, falou da importância do Amazonas em estar sendo representado no Salão.

“Fico muito honrado de poder acompanhar os artesãos nesse evento nacional que está sendo realizado, e que o Amazonas é convidado para participar. O artesanato amazonense é um segmento reconhecido mundialmente, e mostrar a força desse segmento no 15° Salão de Artesanato, aqui em Brasília, é importante para estes artesãos”, disse o secretário.

A 15ª edição do Salão do Artesanato reúne artesãos de 25 unidades federativas sob o tema “Raízes Brasileiras”. Com a presença de mais de 500 artistas, a estimativa é de que cerca de 60 mil pessoas passem pelo evento, que tem a entrada franca.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.