Secretaria de Estado de Educação é comandada, pela primeira vez, integralmente por mulheres

Na Seduc-AM, os seis maiores cargos de direção são exercidos por mulheres, cuja representatividade é 70% do quadro funcional. Foto: Divulgação/Euzivaldo Queiroz/Seduc-AM

Ocupar espaços de gestão e notoriedade são essenciais para que as mulheres alcancem a igualdade de gênero no mercado de trabalho e tenham suas competências reconhecidas. Na Secretaria de Estado de Educação e Desporto, os seis maiores cargos de direção são exercidos por mulheres, cuja representatividade é 70% do quadro funcional.

Desde o ano passado, o governador Wilson Lima tem confiado a educação às mulheres. Kuka Chaves, secretária de Educação, é a décima mulher a assumir a função no Estado. Para ela, a mulher pode e deve ocupar os espaços que quiser, liderando pessoas, gerindo projetos e dando o tom da educação no estado ao exercer qualquer função.

“É um orgulho enorme poder estar à frente da Secretaria de Educação, ladeada por mulheres incríveis, trabalhadoras, extraordinárias e tudo isso se deve ao governador Wilson Lima, que teve esse olhar carinhoso e entendendo que podemos e nós só precisamos de uma oportunidade, porque temos técnicas, habilidade no ouvir e a riqueza de conseguir transformar, nos detalhes, a educação”, diz a secretária.

Além de Kuka Chaves, o quadro de secretárias é composto pelas adjuntas Rosana Freire, que atua na secretária Executiva; Rosalina Lôbo, executiva de Gestão; Ana Maria Araújo, executiva do Interior; Arlete Mendonça, executiva da Capital; e a Hellen Matuti, executiva Pedagógica.

História na educação

Com quase 40 anos atuando na educação pública do Amazonas, Ana Maria Freitas, está, desde o início da gestão de Wilson Lima, como secretária executiva do Interior. Liderando a pasta responsável por alcançar os locais mais longínquos do estado, ela vê as conquistas obtidas nestes quatro anos como um reflexo de que as mulheres estão concretizando sonhos.

“Viemos ganhando espaço na sociedade e nos cargos e, hoje, na secretaria, isso se concretiza com todas as secretarias executivas ocupadas por mulheres. A nossa secretária principal, a secretária executiva e as secretárias adjuntas. É uma conquista, um reconhecimento pelo trabalho da mulher, a mulher buscou isso, está buscando e a gente vê que a mulher na administração tem uma sensibilidade, e isso faz com que o trabalho flua e as coisas melhorem. Além, é claro, do preparo técnico que temos na área da educação ”, observa.

Quadro completo

Em 2020, Arlete Mendonça e Rosalina Lôbo passaram a compor a equipe de secretárias. Ambas possuem experiência na educação, com longa atuação na Secretaria Municipal de Educação de Manaus (Semed-Manaus). Quando Kuka Chaves assumiu como secretária, Rosana Freire passou a exercer a função de secretária Executiva da pasta.

Para completar o quadro de mulheres à frente da maior secretaria do executivo estadual, em novembro passado, Hellen Matute assumiu a área pedagógica. Ela é pedagoga e atua há 32 anos na pasta, tendo passado por cargos técnicos e de gestão.

Mulheres na educação

A sede da Secretaria de Educação é composta por dez departamentos, destes sete são dirigidos por mulheres, todas servidoras da pasta. Além disso, os centros de Formação Profissional Padre José de Anchieta (Cepan) e o de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam) têm mulheres em seu comando.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.