Rússia exige que EUA retirem suas armas nucleares da Europa

Rússia exige que EUA retirem suas armas nucleares da Europa

A Rússia exigiu, nesta terça-feira (1), que os Estados Unidos retirem suas armas nucleares de países da Europa.

De acordo com a agência de notícias RIA, o ministro das Relações Exteriores russo, Sergey Lavrov, disse que “já é hora das armas americanas voltarem para casa”. “É inaceitável para a Rússia que alguns países europeus sediem as armas nucleares americanas”, acrescentou.

Ele também disse que o país está pronto para trabalhar com os EUA em uma “estabilidade estratégica”.

Em um discurso gravado exibido na Conferência sobre Desarmamento em Genebra, na Suíça, o chanceler da Rússia declarou que o Ocidente não deve construir instalações militares em ex-repúblicas soviéticas.

Lavrov também destacou que a Ucrânia ainda possui tecnologia nuclear soviética, e que os russos “não podem falhar em responder a esse perigo”.

“A Ucrânia ainda tem tecnologias soviéticas e os meios de entrega de tais armas”, disse. “Não podemos deixar de responder a este perigo real”, concluiu.

Ele fez o discurso para uma pequena multidão, já que muitos diplomatas, incluindo França e Reino Unido, fizeram uma passeata para protestar contra a invasão da Ucrânia pela Rússia .

Eles ficaram em grupo do lado de fora da reunião durante o discurso de Lavrov, segurando uma bandeira ucraniana.

Lavrov deveria comparecer à sessão pessoalmente, mas a visita foi cancelada, após países europeus anunciarem o fechamento do espaço aéreo para os russos.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.