Transexual amazonense é morta a facadas em São Paulo; companheiro dela é o principal suspeito

Verônica Martinelly havia se mudado para a capital paulista para investir em uma carreira como dançarina de escolas de samba. Foto: Divulgação

Verônica Martinelly foi encontrada morta a facadas, na madrugada da última sexta-feira (25), em São Paulo (SP). O principal suspeito do crime é o companheiro dela, Kelvin Barkleu Muniz dos Santos. Ele está foragido.

Martinelly morava em São Paulo há dois anos. Ela havia se mudado para a capital paulista para investir em uma carreira como dançarina de escolas de samba.

Familiares da vítima fizeram um apelo às autoridades amazonenses nas redes sociais para que ajudem a família com o translado do corpo para Manaus. As investigações seguem na capital paulista.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.