Subvenção da piaçava beneficia famílias que vivem da atividade em Barcelos e Santa Isabel do Rio Negro

A piaçava é usada na fabricação de artesanato, vassouras, entre outros produtos, e fortalece a economia local onde é comercialmente extraída. Foto: Divulgação/Lucas Silva/Secom

De forma inédita, o governador Wilson Lima efetuou o pagamento da subvenção da piaçava a extrativistas da região do Alto Rio Negro. Inserido no plano de apoio aos produtores de fibras do Amazonas, o pagamento da subvenção econômica de piaçava foi de R$ 486 mil, beneficiando 161 trabalhadores ligados à Cooperativa dos Piaçabeiros do Médio e Alto Rio Negro (Coopiacamarin).

Pela subvenção, além do valor pelo qual o produtor de piaçava comercializa seu produto no mercado, ele também recebe, em cumprimento ao Decreto Governamental nº 43.852, de 11 de maio de 2021, a subvenção equivalente a R$ 0,50 por quilo do produto vendido.

Neste ano, o volume comercializado foi de 972 mil quilos. Os extrativistas são dos municípios de Santa Isabel do Rio Negro e Barcelos, onde foi realizada a solenidade de pagamento.

Foto: Divulgação/Lucas Silva/Secom

A política de benefício é executada pela Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS). A inclusão da piaçava na lista de apoio aos produtores do Amazonas e o primeiro pagamento da subvenção reforçam o compromisso do governador Wilson Lima com o setor extrativista, tendo em conta a importância social e econômica dessa cadeia produtiva.

Sobre a piaçava

É uma fibra natural extraída de algumas espécies de palmeiras. Ela é usada na fabricação de artesanato, vassouras, entre outros produtos, e fortalece a economia local onde é comercialmente extraída. Na região amazônica, a espécie endêmica é a Leopoldinia piassaba.

Aquisição e doação pelo PAF

O Governo do Amazonas, por meio da ADS, também efetuou a compra de três toneladas de produtos da agricultura familiar do município de Barcelos, na semana passada. A ação está inserida no Programa de Assistência Familiar (PAF).

Na ocasião, a ADS fez a doação de 1,5 mil itens, entre frutas e verduras da agricultura familiar. A ADS também realizou o cadastro de feirantes.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.