Professores Alcian e Cleto lançam a Chapa 22 para disputar eleição de reitor e vice-reitor da UEA

Os professores Alcian Pereira de Souza (à direita) e Cleto Cavalcante, da Chapa 22, que tem como lema “Inovar para Transformar Vidas”. Foto: Divulgação/Tiago Corrêa

Com o lema “Inovar para Transformar Vidas”, os professores Alcian Pereira de Souza e Cleto Cavalcante receberam o apoio da comunidade acadêmica, neste sábado (26/2), durante o lançamento oficial da Chapa 22 para eleição de reitor e vice-reitor da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Durante o evento, que aconteceu no Hotel Intercity, bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul de Manaus, os candidatos apresentaram suas propostas aos professores, técnicos e estudantes da instituição que tiveram a oportunidade de conhecer o plano de gestão da chapa e conversar com os candidatos.

A eleição da UEA ocorrerá no dia 23 de março de forma presencial nas unidades da capital e também do interior.

Em seu discurso, o candidato a reitor Alcian Souza destacou que o projeto de gestão será aperfeiçoado em conjunto com a comunidade acadêmica, afirmou que o conhecimento será colocado em favor da transformação econômica e social do Estado e que, além da capital, os municípios irão assumir o protagonismo desse crescimento intelectual e social.

“Queremos fazer a resistência através da ciência, fortalecendo a instituição por meio de pesquisa de alto nível, garantindo uma universidade empreendedora, que saiba conectar o seu conhecimento, a sua expertise, nas mais diversas áreas. Que tudo isso se transforme em ações concretas em favor da nossa sociedade. Este é o anseio, esta é a missão da UEA. Nós devemos agora promover um ambiente propício para tudo isso”, ressaltou.

Fontes de financiamento

A defesa de outras fontes de financiamento para a instituição foi o tom do discurso do candidato a vice-reitor, professor Cleto. “Nossa gestão vai trabalhar para garantir outras fontes de financiamento para a UEA. Nós temos capital humano para buscar mais investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação porque nem todos os recursos disponíveis estão sendo acessados. Têm as agências de fomento, emendas parlamentares. Nós vamos unir esforços e buscar esse fortalecimento para a UEA”, destacou Cleto.

Apoio

O professor Luiz Augusto Caxeixa, ex-diretor do Centro de Estudos Superiores de Tefé, disse que Alcian e Cleto são professores diferenciados e que representam um grande avanço para a instituição. “Eles têm vontade e capacidade para desenvolver um excelente trabalho. Eu vejo neles a universidade que pensamos para o futuro. Tenho certeza de que eles irão elevar a universidade para um outro patamar”, afirmou.

A professora Gláucia Ribeiro, do curso de Direito, que ingressou na UEA em 2008, junto com o professor Alcian Souza, destacou que ele sempre pensou na universidade como um todo e não só na sua área. “Nós temos uma grande vitória de fazer crescer a Escola de Ciências Sociais, que nasceu com o Direito e Administração e nós fomos em frente e criamos os cursos de Economia e Contabilidade. Nós pensamos que não era possível uma grande universidade não abranger o estudo e pesquisa econômica e contábil”, declarou.

O técnico-administrativo Hélio Braz disse que há mais de um ano vem buscando a construção de uma gestão que seja melhor para a universidade, que é plural. “Eu tenho escutado todos os lados e eu acredito muito no Alcian e no Cleto. Não por indicação de ninguém, mas porque eu tenho a convicção plena, de quem vive a universidade, que o Alcian tem uma construção de vida acadêmica que respalda a universidade que queremos para todos. Eles são as esperança de que as conquistas dos técnicos e professores irão avançar”, afirmou.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.