O musical “A casa do Theo”, conquista o público infantil pela internet

Foto: Divulgação

Criada e dirigida por Cristiane García, com produção da Olha Já Filmes, ‘A casa do Theo’ é uma série musical infantil de 8 mini episódios de 2 min cada, com foco em história e cultura do Amazonas.

A série mostra, por meio da curiosidade do bebê gavião real Theo, como surgiram alguns símbolos culturais amazonenses, como o Teatro Amazonas, as Icamiabas, o Encontro das Águas e o festival de Parintins.

Na história, Theo, que ainda não sabe voar, vive em seu pequeno ninho sobre a copa de uma das árvores na praça São Sebastião, em frente ao Teatro Amazonas e nele interage com sua mãe Inã e sua amiga Saú – uma Sauim-de-coleira muito antenada.

Para Cristiane Garcia, a criadora da série, Theo procura entender como funciona o mundo ao seu redor, assim como toda criança que começa a descobrir o mundo a partir de diferentes óticas, como a professora, os pais, as tias e até as avós.

“Tanto a mãe gavião quanto a amiga Saú mostram ao pequeno Theo narrativas comportamentais diferente e isso influencia na forma como o nosso folclore e nossa cultura são explicados por cada personagem nas letras das músicas” completa a diretora.

Segundo ela: “a série oportuniza aos pais e até professores, questionar as crianças a cada episódio sobre o que foi ensinado. As músicas, que são meios lúdicos de aprendizado, mostram gírias do nosso cotidiano, explicadas didaticamente, que contribuem para formar cidadãos e mantem via a nossa identidade cultural”.

Os fantoches personagens foram confeccionados pela experiente atriz e diretora teatral Paula Andrade e as personagens são interpretadas e manipuladas pelos atores Ana Cáudia Motta (Saú), Hely Pinto (Theo) e Dávilla Holanda (Inã) com músicas de Cristiane García, Andréa Menezes, Marcos Tupinambá e o maestro Paulo Marinho, que também fez os arranjos e mixagem.

O projeto foi contemplado pelo Programa Cultura Criativa – 2020/Lei Aldir Blanc – Prêmio Feliciano Lana do Governo do Estado do Amazonas, com apoio do Governo Federal – Ministério Do Turismo – Secretaria Especial Da Cultura, Fundo Nacional De Cultura.

A Assistência de direção é assinada por Nonata Silva, direção de produção de Gisele Menezes, ilustrações de Rodrigo Garcia, direção de fotografia e câmera Lúcio Silva, assistente de câmera Marcos Antônio, produção de arte de Marcelo Silva, Sofia Reis, Beatriz Nascimento, Lene Senna, abertura de Alexandre Sou, e montagem e finalização de Paulo Cezar Freire, intérprete de Libras Priscilla Printes Travassos e apoio da Conect Pro.

Os episódios estão disponíveis no canal do youtube da Olha Já Filmes, no link: https://www.youtube.com/playlist?list=PLEQ-X9kSJDWSZ9HL4RH6UF6hthc1mxHQS

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.