Morre Carlos Frazão, fundador de O Jornal da Ilha, divulgador dos bumbás de Parintins

Morre Carlos Frazão, fundador de O Jornal da Ilha, divulgador dos bumbás de Parintins

Jornalista, cidadão parintinense e jornalista, Carlos Alberto Frazão, 72 anos, morreu na noite desta sexta-feira (7), em Manaus. Ele faleceu em decorrência de complicações de saúde envolvendo doenças no pulmão e rins. Internado em Parintins por alguns dias na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), foi removido para Manaus, mas acabou não resistindo.

Carlos Frazão estava morando em Parintins desde 1997, após entrar para a reserva da Marinha do Brasil. Apaixonado pelo Festival com os bois Caprichoso e Garantido, fixou residência na Ilha de Tupinambarana. Trocou o Rio de Janeiro pela terra dos bumbás.

Foi torcedor e sócio do boi-bumbá Caprichoso, onde atuou como coordenador de Imprensa da gestão de César Oliveira e Hugo Levi. Foi coordenador de Imprensa da Câmara Municipal de Parintins no primeiro ano da gestão do Presidente Tony Albuquerque.

Como professor, lecionou história e geografia em várias escolas parintinenses. Em 2997 fundou o primeiro site de divulgação do festival, o chamado O Jornal da Ilha. E logo em seguida fundou o O Jornal da Ilha Impresso, que por alguns anos foi o único jornal impresso a circular em Parintins.

Flamenguista, tinha orgulho de comemorar aniversário no dia 15 de novembro, data da fundação do rubro negro. Ele nasceu no ano de 1949.

Em nota, o prefeito de Parintins, Bi Garcia, lamentou com tristeza o falecimento do amigo. “Desde 1997, período em que chegou em nossa cidade ao lado de Joãozinho Trinta, Frazão se apaixonou por nossa cultura e aqui decidiu viver, amar e se tornar Cidadão de Parintins”, diz a nota.

Veja a mensagem de condolências:

“Fervoroso na fé em Nossa Senhora do Carmo, esse carioca parintintin viveu  intensamente sob o calor de suas paixões pelo Flamengo, Caprichoso e Viradouro. Depois de ter uma parte de sua vida dedicada à Marinha do Brasil,  Frazão decidiu pelo prazer de lecionar em nossa cidade e cultivar o seu lado jornalista ao fundar  o Jornal da Ilha, mantendo a circulação impressa e o pioneirismo como site de notícias.

De maneira pessoal, perdi um grande amigo, um correligionário que sempre se identificou com as nossas causas. Em todas as nossas  jornadas, Frazão empenhava sua lealdade e seu entusiasmo. Onde ele estiver, vai ter sempre o meu respeito e gratidão.

Aos familiares, parentes e amigos, expresso a solidariedade do nosso povo, pedindo a Deus que conforte o coração de todos”.

Frank Bi Garcia
Prefeito de Parintins

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.